COTAÇÃO DE 04/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4300

VENDA: R$5,4310

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4170

VENDA: R$5,5930

EURO

COMPRA: R$6,5464

VENDA: R$6,5493

OURO NY

U$1.779,24

OURO BM&F (g)

R$311,42 (g)

BOVESPA

-1,26

POUPANÇA

0,1590%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Copasa deve fazer investimentos de R$ 1,31 bilhão neste exercício

COMPARTILHE

A Copasa planeja investir neste ano na ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, além da segurança hídrica | Crédito: Divulgação

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) prevê investir cerca de R$ 1,31 bilhão neste exercício. Os recursos integram o pacote de R$ 6,5 bilhões previsto pela estatal até 2025 e visam à, entre outras frentes, ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, extensão de redes, segurança hídrica, combate a perdas, atendimento de metas regulatórias e de eficiência e compromissos de concessão.

Já quanto à subsidiária Copanor, a proposta de investimento para este ano é de R$ 47,2 milhões. O objetivo, conforme a companhia, é melhorar as condições de infraestrutura da prestação de serviços na área de atuação, que abrange o Norte e Nordeste de Minas.

PUBLICIDADE

As informações constam do balanço anual da empresa, divulgado nesta semana. No ano passado, as empresas investiram juntas R$ 481 milhões, com ações em sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

O documento trouxe também o desempenho da Copasa no decorrer do ano passado, que, na avaliação do diretor Financeiro e Relações com Investidores, Carlos Augusto Berto, apresentou resultados operacionais e financeiros bastante representativos.

O lucro líquido da companhia, por exemplo, chegou a R$ 816,477 milhões, crescimento de 8,2% sobre 2019, quando atingiu R$ 754 milhões. Já o Ebitda (lucro líquido antes do Imposto de Renda, contribuição social, despesas financeiras líquidas, despesas de depreciação e amortização) atingiu o valor de R$ 1,93 bilhão, aumento de 9,6% em relação ao ano anterior. Dessa forma, a margem Ebitda em 2020 foi de 36,8%.

“O crescimento do lucro líquido foi inferior ao do incremento no Ebitda, em função das despesas de variações cambiais, decorrentes da desvalorização do real”, justificou.

Além disso, a receita líquida ultrapassou a marca de R$ 5 bilhões no ano passado, representando um crescimento de 7% em relação à receita de 2019, que foi de R$ 4,7 bilhões.

“O crescimento ocorreu por fatores como a expansão nas economias de água e de esgoto e aumento do volume medido de água em cerca de 1%; e reajuste tarifário, com um aumento de 8,38% em agosto de 2019, e de 3,04% em novembro de 2020, com impacto médio de 5,6%”, detalhou.

Do ponto de vista operacional, a estatal encerrou 2020 com 640 concessões para prestação de serviços com abastecimento de água, atendendo 11,8 milhões de pessoas. Em relação aos serviços de esgotamento sanitário, a companhia atingiu, em dezembro, 310 concessões, beneficiando 8,3 milhões de pessoas.

Projeção

Sobre 2021, Berto diz que também será um ano de superação, considerando o cenário de incertezas causado pela pandemia de Covid-19, bem como a expectativa de recuperação econômica, os impactos no negócio com o novo marco regulatório e a revisão tarifária, dentre outros desafios.

“A empresa permanecerá trabalhando firme na continuidade das transformações e melhorias em seus processos, gerando valor para todos os seus públicos, por meio de resultados operacionais e econômico-financeiros eficientes e consistentes com a sustentabilidade socioambiental, contribuindo para a universalização dos serviços no Estado”, garantiu.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!