COTAÇÃO DE 20/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8730

VENDA: R$4,8740

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,9500

VENDA: R$5,0570

EURO

COMPRA: R$5,1492

VENDA: R$5,1504

OURO NY

U$1.846,53

OURO BM&F (g)

R$288,58 (g)

BOVESPA

+1,39

POUPANÇA

0,6441%

OFERECIMENTO

Economia zCapa

Copasa fecha 3º trimestre com lucro líquido de R$ 193,3 mi

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação

A Companhia de Abastecimento de Minas Gerais (Copasa) anunciou nessa quinta-feira (31) que fechou o terceiro trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 193,3 milhões, contra R$126,3 milhões registrados no mesmo período do ano anterior. O resultado representa incremento de 53%.

A receita líquida de água e esgoto alcançou R$1,2 bilhão, sendo que no terceiro trimestre de 2018 foi de R$1,0 bilhão. Os custos e despesas alcançaram R$ 851,4 milhões, contra R$ 863,7 milhões no mesmo intervalo do ano passado.

PUBLICIDADE




O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) do terceiro trimestre atingiu R$458,3 milhões, ante R$ 346,8 milhões em igual período do exercício anterior.

A empresa chegou em setembro de 2019 como concessionária para prestação de serviços de abastecimento de água em 641 municípios e de esgotamento sanitário em 311, tendo formalizado, ao longo de 2019, Contratos de Programa referentes a renovações e assunções de concessões com dez municípios, cuja população conjunta é de, aproximadamente, 43 mil habitantes.

Destaques Operacionais – A companhia terminou o trimestre atendendo aproximadamente 11,6 milhões de habitantes com os serviços de água e 8,2 milhões com os serviços de esgotamento sanitário.

O número de economias (unidades consumidoras) atendidas com abastecimento de água atingiu 5,3 milhões, uma variação de 1,5% em comparação com igual intervalo de 2018. Já o número de economias atendidas com serviços de esgotamento sanitário atingiu 3,7 milhões, um crescimento de 3,5%, em comparação com o terceiro trimestre do ano passado.

PUBLICIDADE




Investimentos – De acordo com a Copasa, os investimentos realizados somaram R$ 482,2 milhões no acumulado do ano. No Sistema de Abastecimento de Água destacam-se: construção das Barragens do Rio Viamão em Mato Verde; ampliação do sistema de abastecimento de água em Ubá, contemplando a construção de nova captação no Ribeirão dos Bagres; ampliação dos Sistemas de Abastecimento de Água em Ibirité, Lagoa Santa, Betim, Santo Antônio do Monte, Arcos, Igarapé, Pompéu, Nova Serrana, Diamantina, Urucuia, Abaeté, Teófilo Otoni, Divinópolis, Andradas, Pedra Azul, Ribeirão Vermelho; e crescimento vegetativo de redes de distribuição e ligações prediais de água e aquisição de hidrômetros, em todo o Estado.

No Sistema de Esgotamento Sanitário destacam-se: ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Sabará; implantação do Sistema de Tratamento de Esgoto em Divinópolis; obras no Sistema de Esgotamento Sanitário de Brumadinho, contemplando implementação de interceptores, redes coletoras e travessia, bem como construção de estações elevatórias e Estação de Tratamento de Esgoto (ETE); implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário em Felixlândia, e São Gonçalo do Abaeté, contemplando ETE, elevatórias, redes coletoras e interceptores; ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Coronel Fabriciano/Timóteo, Três Corações, Divino, Ribeirão das Neves, Ibirité, Araçuaí, Diamantina, Capelinha, Contagem/Nova Contagem, Cataguases, Tiradentes, Patos de Minas, Teófilo Otoni, Santana do Paraíso, São Joaquin de Bicas, Januária Almenara, Perdões, Ipatinga e Itamarandiba; e crescimento vegetativo de redes coletoras e ligações prediais de esgoto, em todo o Estado. (Da Redação)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!