COTAÇÃO DE 02-12-2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6600

VENDA: R$5,6600

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8130

EURO

COMPRA: R$6,3753

VENDA: R$6,3783

OURO NY

U$1.768,55

OURO BM&F (g)

R$319,92 (g)

BOVESPA

0,4902

POUPANÇA

+3,66%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Mercantil do Brasil tem resultado recorde

COMPARTILHE

Crédito: DIVULGAÇÃO/Banco Mercantil do Brasil

O Mercantil do Brasil (MB) registrou lucro líquido de R$ 151 milhões no quarto trimestre. O valor é recorde para o período e representa incremento de 24% na comparação com o mesmo período de 2019.

De acordo com a instituição, o desempenho mantém a trajetória de crescimento observada desde 2018. Diante deste resultado, o Retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio (ROAE) foi de 22,24% último no trimestre de 2020.

PUBLICIDADE

No período, os ativos totais somaram R$ 10,7 bilhões e o patrimônio líquido R$1,034 bilhão. Atualmente, a carteira de crédito é de R$ 6,4 bilhões.

Já as captações alcançaram R$ 8,6 bilhões e a receita de prestação de serviços R$ 318 milhões, atingindo um crescimento de 17%.

O índice de Basileia continuou confortável, alcançando 16,6% no período, sendo que o mínimo exigido pelo Banco Central é de 10,5%. “Desta forma, o MB tem ainda bastante espaço para crescer a carteira de crédito”, informa o banco.

Houve aumento expressivo da participação dos canais digitais, representando atualmente 51% do total das transações. O banco inaugurou 51 lojas digitais e expandiu sua atuação na região Centro-Oeste e na Bahia, estando presente hoje em 176 municípios. Com isso, alcançou a marca de 2,6 milhões de clientes ativos.

De acordo com a Net Promoter Score, uma métrica que tem como objetivo medir a satisfação e lealdade dos clientes com as empresas, o MB está na zona de excelência, segundo a instituição financeira.

“Diante dos números que atingimos e do reconhecimento que obtivemos em 2020, acreditamos que estamos no caminho certo. Temos a solidez da tradição, mas somos um banco moderno e o melhor para o público acima de 50 anos”, destaca o CEO do banco, Gustavo Araújo.

Recentemente, o Mercantil do Brasil migrou para o segmento especial de listagem Nível I da B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão. Com a mudança, as ações ordinárias e preferenciais de emissão do banco passaram a ser negociadas no Nível I, o que reforça o compromisso da instituição com o aprimoramento de sua governança.

Em paralelo, o banco passa a adotar novas práticas de ESG, sigla em inglês para “Environmental, Social and Governance” (Ambiental, Social e Governança, em português), que favorecem ainda mais a transparência dos processos e o acesso dos investidores às informações. O Mercantil do Brasil é signatário do Pacto Global da ONU e um dos membros do Hub ODS Minas e da Rede Desafio 2030 para cumprimento da agenda de desenvolvimento sustentável da ONU e de seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!