COTAÇÃO DE 17/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,9420

VENDA: R$4,9430

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,0400

VENDA: R$5,1520

EURO

COMPRA: R$5,2307

VENDA: R$5,2334

OURO NY

U$1.814,77

OURO BM&F (g)

R$290,29 (g)

BOVESPA

+0,51

POUPANÇA

0,7025%

OFERECIMENTO

Economia

Mori investirá R$ 730 milhões na instalação de usinas solares em MG

COMPARTILHE

Mori Energia vai investir R$ 530 milhões em 32 usinas e poderá fazer um aporte adicional de R$ 200 milhões na instalação de mais dez empreendimentos - Crédito: Divulgação

A Mori Energia, empresa especializada em investir e operar ativos ligados à energia renovável de geração distribuída, e o governo de Minas Gerais assinam hoje protocolo de intenções para instalação de 32 usinas solares no Estado, mediante aportes de R$ 530 milhões. Tamanho o potencial do setor que a empresa já estima a criação de outros dez empreendimentos do tipo para o ano que vem, investindo mais R$ 200 milhões.

As informações são do diretor-presidente da Mori, Bruno Shiraga. Segundo ele, os empreendimentos serão instalados em 17 cidades mineiras, entre elas Bocaiúva, Bonfinópolis, Corinto, Janaúba, Manga, Paracatu, Pirapora e Porteirinha. A proposta, que já está em andamento, vai gerar 4 mil empregos, entre diretos e indiretos.

PUBLICIDADE




“Estamos trabalhando para entregar as 32 usinas até o fim do ano. Uma já está em operação, no município de Janaúba, e outras duas começarão a operar no mês que vem (Corinto e Manga). Juntos, os equipamentos terão potência instalada de 150 megawatts (MW) e vão gerar 340 Gigawatts/hora-ano de energia limpa e renovável”, revelou.

Em uma proposta agressiva de assumir a liderança do mercado produção de energia solar fotovoltaica, a empresa já aprovou a instalação de mais dez usinas no Estado no primeiro semestre do ano que vem.

Os aportes estão sendo feitos apenas com capital próprio da empresa e algumas unidades possuem parceria de distribuição com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). A planta instalada em Janaúba é uma delas.

“O consumidor-alvo da Mori, que inicialmente é a categoria comercial – empresas e indústrias com consumo acima de 500 kWh na área de concessão da Cemig –, pode ter até 18% de economia com energia elétrica. Mas trabalhamos com diferentes categorias de consumo e prazo de permanência”, explicou.

PUBLICIDADE




Já a escolha por Minas Gerais, conforme o executivo, se deu por uma série de fatores, entre os quais está a disponibilidade de áreas com elevada irradiação solar e os incentivos do governo do Estado para impulsionar a tecnologia, a partir da Lei 21.713, de 2017, que estimula a produção e a comercialização deste tipo de energia em terras mineiras a estabelecimentos com atividade de geração, transmissão ou comercialização de energia solar.

A norma estabelece o prazo de 20 anos para a concessão de créditos de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) relativos à aquisição de energia solar produzida no Estado.

Tendência – Shiraga ressaltou que o crescimento da geração de energia solar é uma tendência mundial, com destaque para China, EUA, Japão e Alemanha – líderes mundiais em potência acumulada e que o Brasil é o país da América Latina que mais cresce no setor.

Para ele, isso demonstra como o País vem apostando nesta fonte de energia renovável, incentivando investimentos e consumo, a partir dos leilões de energia, por exemplo.

Segundo ele, quando comparado a outros países, a potência instalada no Brasil ainda é muito pequena e o potencial de exploração ainda é muito grande. Daí o interesse em investir e explorar o setor, com vistas a assumir a liderança do mercado no Brasil.

“Em 2018 foram incorporados 1,2 GW, totalizando 2,4 GW de capacidade instalada acumulada, ainda muito atrás da líder mundial, a China, que conta com 176,1 GW. Isso só evidencia o tamanho e potencial de crescimento deste mercado.”, concluiu.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!