COTAÇÃO DE 07/12/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6180

VENDA: R$5,6180

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6500

VENDA: R$5,7830

EURO

COMPRA: R$6,3427

VENDA: R$6,3451

OURO NY

U$1.784,35

OURO BM&F (g)

R$323,23 (g)

BOVESPA

+0,65

POUPANÇA

0,5154%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

MPEs têm saldo de 33 mil vagas em fevereiro no Estado

COMPARTILHE

Crédito: Marcello Casal Jr / ABR

O saldo de empregos nas micro e pequenas empresas (MPEs) mineiras apresentou mais uma alta em fevereiro, atingindo 33 mil vagas. O número é quase o dobro do verificado em janeiro (16.832), que, por sua vez, foi cerca de oito vezes maior do que o registrado em dezembro do ano passado. O setor foi responsável por 63,9% dos postos de trabalho gerados em Minas Gerais no segundo mês do ano.

Belo Horizonte foi a segunda capital brasileira com o saldo de contratações mais representativo (5.198), atrás apenas de São Paulo (19,7 mil). Outras cidades que tiveram destaque na geração de empregos nas micro e pequenas empresas mineiras foram Nova Serrana (1.329), Uberlândia (1.322) e Contagem (1.269).

PUBLICIDADE

Os dados foram divulgados pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae Minas).

Analista da entidade, Gabriela Martinez afirma que os números mais altos em fevereiro têm a ver com as expectativas dos empreendedores em relação à recuperação econômica, após meses de reflexos bastante negativos da pandemia da Covid-19.

Nesse cenário, muitos empresários chegaram a realizar contratações para repor a mão de obra que foi perdida no período mais intenso da crise sanitária de 2020. Isso fez, inclusive, com que um dos setores mais atingidos pela pandemia, o de serviços, fosse destaque no que diz respeito às contratações nas micro e pequenas empresas mineiras em fevereiro (11 mil vagas).

Porém, as boas expectativas encontraram obstáculos pela frente. Gabriela Martinez ressalta que o agravamento da pandemia da Covid-19 e a paralisação de diversas atividades podem puxar novamente os números para baixo. Já se espera, inclusive, um impacto nos dados de março.

“As micro e pequenas empresas respondem mais rápido aos estímulos da economia. Com as expectativas positivas, veio a necessidade de contratar mais funcionários para que as empresas pudessem funcionar plenamente”, diz ela. “No entanto, infelizmente, as perspectivas são de que em março já se veja os impactos negativos do agravamento da pandemia”, destaca.

Indústria e comércio

Os números que foram divulgados pelo Sebrae Minas ainda mostram que, além do segmento de serviços, indústria (8,64 mil vagas) e comércio (8,49 mil vagas) também tiveram destaque na geração de empregos nas micro e pequenas empresas mineiras em fevereiro. A construção civil, por sua vez, apresentou um avanço de praticamente 30% no segundo mês do ano na comparação com janeiro, chegando a quase 4 mil vagas.

Já no que diz respeito às atividades que tiveram o maior destaque em fevereiro, os dados da entidade revelam que foram as ligadas à construção de edifícios, transporte rodoviário de cargas e de vigilância e segurança privada.

A contratação de mulheres também teve maior destaque na geração de empregos nas micro e pequenas empresas em fevereiro.

De acordo com os dados do Sebrae Minas, a participação delas chegou a quase 40% no segundo mês do ano, contra aproximadamente 30% em janeiro. Mais de 70% dos postos de trabalho foram preenchidos por pessoas com idade entre 18 e 39 anos, sendo que mais de 65% contavam com Ensino Médio completo no currículo.

“O setor de serviços emprega bastante mulheres. O fato de ter sido o destaque de fevereiro puxa esse dado para cima”, explica Gabriela Martinez.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!