COTAÇÃO DE 19/04/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5500

VENDA: R$5,5510

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5400

VENDA: R$5,7130

EURO

COMPRA: R$6,7043

VENDA: R$6,7067

OURO NY

U$1.771,25

OURO BM&F (g)

R$317,44 (g)

BOVESPA

317,44

POUPANÇA

0,1590%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Pesquisa revela que 90% dos empresários mineiros têm problemas para pagar salários em abril

COMPARTILHE

Crédito: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Pesquisa nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), realizada com dois mil empresários do setor em Minas Gerais, entre 1º e 5 de abril, revelou que 90% deles alegam ter problemas para pagar integralmente os salários de março vencidos no quinto dia útil deste mês. Os principais motivos, segundo os entrevistados, estão atrelados à interrupção da Medida Provisória (MP 936) que permite a suspensão de contratos e a redução da jornada de trabalho e ao faturamento zerado em março por conta dos fechamentos impostos por estado e municípios.

Para o presidente da ABRASEL-MG, Matheus Daniel, a falta de dinheiro em caixa já comprometeu, inclusive, o pagamento de salários em fevereiro. Segundo ele, 76% dos empresários do setor no estado também tiveram problemas para quitar a folha do mês 2. “Os números não param por aí. Nos três primeiros meses deste ano, 74% dos donos de bares e restaurantes entrevistados para essa pesquisa tiveram que demitir funcionários”, destaca.

Dívidas e crédito

PUBLICIDADE

Ainda segundo a pesquisa, 78% das empresas do setor em Minas Gerais estão com algum tipo de pagamento em atraso. Deste total, 69% devem o Simples Nacional e 65% têm medo de sair desse regime de tributação por causa de eventuais pendências. Quase 45% dos respondentes aderiram ao Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (PRONAMPE), implementado no ano passado pelo Governo Federal para socorrer pessoas jurídicas impactadas pela pandemia, porém 81% deste grupo não conseguiu prorrogá-lo. 

Faturamento

A pesquisa também aponta que 82% dos empresários tiveram prejuízo em março contra 60% em janeiro.

“Com o fechamento da maior parte do Brasil, a faixa dos estabelecimentos que faturavam acima de R$ 140 mil/mês caiu de 19% em março de 2020 para apenas 6% em março deste ano. Isso mostra uma queda brutal no faturamento, atualmente sustentado apenas pelo delivery na maior parte do país”, completa Matheus.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!