Crédito: REUTERS/Sergio Moraes

Rio e São Paulo – A estatal Petrobras está retomando os planos de venda de sua participação remanescente na BR Distribuidora, segundo duas pessoas com conhecimento do assunto.

A empresa pretende tentar vender sua fatia no segundo semestre, numa data ainda não definida, afirmaram as fontes, que pediram anonimato para expor conversas privadas sobre o assunto.

A BR Distribuidora foi privatizada no ano passado por meio de uma oferta de ações. Agora, a Petrobras quer vender o máximo que conseguir da participação remanescente de 37,5% na distribuidora, que opera 7.700 postos de combustíveis em todo o País, segundo informações de seu website.

As vendas fazem parte do programa de desinvestimento da Petrobras, que pretende vender até US$ 30 bilhões em ativos até 2024, visando reduzir sua dívida.

Os planos foram desacelerados recentemente por causa das turbulências no mercado relacionadas à pandemia de coronavírus, o que levou a empresa a revisar suas projeções para dívida bruta ao final de 2020 para o mesmo patamar de fechamento de 2019.

Pelas cotações atuais, a fatia da Petrobras vale R$ 9,7 bilhões. As ações da BR Distribuidora afundaram em meio às medidas de restrição impostas para conter o avanço do coronavírus. Elas se recuperaram parcialmente desde então, mas ainda acumulam queda de 25% no ano.

Assessores de imprensa da BR Distribuidora negaram por telefone que a companhia tenha decidido fazer uma oferta primária. Fontes haviam dito mais cedo que a empresa avaliava o assunto.

A Petrobras não comentou imediatamente o assunto. (Reuters)