COTAÇÃO DE 17/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,9420

VENDA: R$4,9430

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,0400

VENDA: R$5,1520

EURO

COMPRA: R$5,2307

VENDA: R$5,2334

OURO NY

U$1.814,77

OURO BM&F (g)

R$290,29 (g)

BOVESPA

+0,51

POUPANÇA

0,7025%

OFERECIMENTO

Economia

Publicada resolução que autoriza redução histórica na conta de água

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação

O Governo de Minas Gerais publicou, nesta terça-feira (29), no Diário Oficial do Estado, a resolução nº 154/2021, que autoriza a Copasa a aplicar aos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário novas tarifas e regras para o próximo ciclo tarifário (2021 a 2025).

Já aprovadas, as novas regras devem ser aplicadas a partir de 1/8 e trazem uma redução inédita no valor das tarifas de água e esgoto de, em média, 1,52% na conta, além da unificação geral da tarifa para o serviço de esgoto.

PUBLICIDADE




A nova tarifa representa o valor de 74% da tarifa de água, bem inferior aos 100% atuais para quem tem o esgoto tratado.

Revisão

A publicação conclui a 2ª Revisão Tarifária da Copasa, após intenso processo de estudo e debate conduzido pela Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG), com participação da sociedade e recebimento de contribuições acerca dos temas tratados.

“Hoje, temos um índice inflacionário no Brasil chegando a 32% e a nossa tarifa média está com redução de 1,52%. Ou seja, além de não ter o reajuste pela inflação, está havendo uma redução histórica nas contas”, comenta o diretor-geral da Arsae-MG, Antônio Claret.

Ele destaca, ainda, a unificação da taxa de esgoto, com a redução do subsídio. “Assim, faz-se a justiça tarifária. Esta revisão busca a menor tarifa possível desde que disponíveis recursos para que a Copasa possa operar e investir dentro do nível necessário para o Novo Marco do Saneamento”, explica.

Valores

PUBLICIDADE




A redução no valor final da conta dependerá do volume consumido e da categoria na qual o usuário está inserido.

Porém, segundo a Arsae, a maioria dos consumidores vai perceber uma redução das faturas. No caso dessa revisão tarifária, mais de 80% da população que possui algum serviço de tratamento de esgoto perceberá uma redução de até 15% das suas faturas. Um usuário residencial com água, coleta e tratamento de esgoto que consome até 5m³, por exemplo, deixará de pagar uma conta de R$ 36,04 e passará a pagar R$ 30,64, uma redução de 14,98%.

A resolução nº154/2021 também traz as regras para os programas especiais, Proteção de Mananciais, Subsídio Copanor, Repasse Tarifário para fundos municipais e Programa de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, além das regras para o acompanhamento dos ativos da Copasa e dos incentivos tarifários.

Todas as notas técnicas, resoluções e demais documentos elaborados estão disponíveis para consulta em www.arsae.mg.gov.br.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!