COTAÇÃO DE 14/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2710

VENDA: R$5,2710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2700

VENDA: R$5,4330

EURO

COMPRA: R$6,3961

VENDA: R$6,3990

OURO NY

U$1.843,90

OURO BM&F (g)

R$311,62 (g)

BOVESPA

+0,97

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Destaque Economia

Suggar vai produzir fogões em nova fábrica em Olhos D’Água

COMPARTILHE

Líder nacional na fabricação de lavadoras semiautomáticas, a Suggar decidiu diversificar a sua linha de produção | Crédito: Divulgação

A indústria mineira Suggar, que iniciou as atividades em 1978, está investindo cerca de R$ 25 milhões na construção de uma nova fábrica, que será voltada para a produção de fogões.

A nova unidade está localizada próxima às demais instalações da empresa, no bairro Olhos D’Água, em Belo Horizonte. As estimativas de mercado são positivas e a tendência é de crescimento das vendas em 2021.

PUBLICIDADE

De acordo com o fundador e conselheiro da Suggar, Lúcio Costa, os fogões são itens de primeira necessidade e vêm para completar as linhas da indústria, que já é consolidada no mercado devido à qualidade, tradição e atendimento ao cliente.

“Fogão é um produto que combina com o suggar da Suggar. É um produto de primeira necessidade e queremos atender a demanda do mercado. Vamos fabricar também o modelo de cinco bocas – nas cores branca, preto e inox -, que hoje é o mais vendido”.

Ainda segundo Costa, a unidade deverá entrar em operação em meados de maio. Com investimentos de R$ 25 milhões, a indústria está sendo construída em um terreno de 16,1 mil metros quadrados.

“O investimento não é muito elevado porque já temos vários equipamentos que serão levados para a nova unidade. Hoje, já fabricamos os cooktops que foram muito bem aceitos pelo mercado. Os cooktops têm maior valor de venda e com os fogões queremos atender a todo o público, já que o item é mais acessível”.

Com a abertura de mais uma unidade, a Suggar já iniciou a contratação de mão de obra. Ao todo serão 270 novos funcionários e a expectativa é de uma produção anual de fogões em torno de 275 mil unidades. 

Para Costa, o produto terá boa aceitação no mercado.

“Estamos no mercado desde 1978 e temos um relacionamento excepcional com a nossa clientela. Trabalhamos baseados no lema de que o cliente tem sempre razão. Eles sabem que podem contar com o nosso atendimento. Isso, devido a nossa infraestrutura. Nosso mercado consumidor está amparado por 680 pontos de assistência técnica no Brasil e 72 representantes comerciais. A nossa rede é forte porque além dos fogões, temos diversos outros produtos que já são conhecidos pelos consumidores”.

Além do depurador Suggar, a indústria é a maior fabricante brasileira de lavadoras semiautomáticas, também conhecidas como tanquinho.

“Nossa atuação é muito forte no Brasil. Fabricamos 5 mil lavadoras por dia, produção que está dividida entre a fábrica na Paraíba e a de Belo Horizonte, essa última, concentra o maior volume, variando de 4,1 mil a 4,2 mil lavadoras por dia. Esse produto é muito bem aceito e tem um preço acessível”.

2021

Em relação ao mercado, Costa avalia que 2021 será um ano positivo. O início da vacinação contra o Covid-19 vai contribuir para o controle da pandemia, o que é fundamental para a retomada econômica e para a geração de empregos.

“A geração de emprego é importante para estimular o consumo. E nossos itens, por serem na grande maioria de primeira necessidade, são os mais demandados. Em 2020, tivemos um bom volume de vendas, que foi estimulado pelo pagamento do auxílio emergencial e estamos otimistas com os resultados para 2021”, disse.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!