COTAÇÃO DE 17/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2820

VENDA: R$5,2820

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3100

VENDA: R$5,4500

EURO

COMPRA: R$6,2293

VENDA: R$6,2322

OURO NY

U$1.754,86

OURO BM&F (g)

R$298,96 (g)

BOVESPA

-2,07

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Vacina da Janssen chega ao Brasil e Queiroga prevê fim de caráter pandêmico em setembro

COMPARTILHE

POR

Marcelo Queiroga, Ministro da Saúde
Crédito: Ueslei Marcelino/Reuters
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

Brasília – O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, comemorou a chegada ao Brasil na manhã desta terça-feira (22) do primeiro lote com 1,5 milhão de doses da vacina contra Covid-19 da Janssen, subsidiária da Johnson & Johnson, e disse que espera acabar com o caráter pandêmico da doença no país com toda a população maior de 18 anos vacinada com uma primeira doe até setembro.

“A certeza de que, em setembro, teremos a população acima de 18 anos imunizada com a primeira dose da vacina contra Covid-19 e a esperança de pôr fim ao caráter pandêmico desta doença”, disse ele, em sua fala no Aeroporto de Guarulhos, onde acompanhou a chegada das primeiras doses do imunizante, aplicado em dose única, ao Brasil.

PUBLICIDADE

O ministro destacou ainda o fato de que as negociações com o laboratório resultaram numa economia de 25% do valor da compra, de 400 milhões de reais. O Ministério da Saúde tem contrato para fornecimento de 38 milhões de doses da vacina da Janssen ao país.

O primeiro lote de vacinas da Janssen chega ao Brasil com uma semana de atraso em relação ao que foi originalmente previsto pelo próprio ministro. O lote também chegou com a metade do quantitativo divulgado anteriormente.

Esse carregamento de doses da vacina, que estava inicialmente próximo do vencimento, recebeu o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ter o seu prazo de validade aumentado.

A vacina da Janssen será o quarto imunizante que será utilizada no Brasil contra a Covid-19 — estão em uso a CoronaVac, do laboratório chinês Sinovac, e as vacinas da AstraZeneca e da Pfizer com a alemã BioNTech.

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!