COTAÇÃO DE 25/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8200

VENDA: R$4,8210

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8900

VENDA: R$5,0160

EURO

COMPRA: R$5,1520

VENDA: R$5,1546

OURO NY

U$1.853,68

OURO BM&F (g)

R$287,13 (g)

BOVESPA

-0,98

POUPANÇA

0,6724%

OFERECIMENTO

Finanças livre zCapa

Equipe econômica revisa déficit primário em 2020 a R$ 419,2 bi por gastos com coronavírus

COMPARTILHE

Crédito: REUTERS/Amanda Perobelli
Crédito: REUTERS/Amanda Perobelli

Brasília – A equipe econômica reviu nesta quinta-feira (2) a expectativa de déficit primário em 2020 a 419,2 bilhões de reais, rombo equivalente a 5,55% do Produto Interno Bruto (PIB), afirmou o secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues.

Em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, ele informou ainda que o impacto primário das medidas já anunciadas pelo governo para combate aos efeitos do coronavírus é de 224,6 bilhões de reais, ou 2,97% do PIB.

PUBLICIDADE




“Estamos com déficit primário que é maior da série histórica, mas é justificável pela pronta ação do governo federal”, disse ele.

“Tão logo saiamos dessa situação, buscaremos a trajetória de zelo fiscal, de solidez das contas públicas”, completou.

Também presente na coletiva, o secretário especial da Receita Federal, José Tostes Neto, informou que o governo manterá o cronograma anteriormente estipulado para as restituições do Imposto de Renda, com conjunto de cinco lotes iniciando em maio e terminando em setembro.

(Reuters)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!