COTAÇÃO DE 01/03/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5996

VENDA: R$5,6006

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5630

VENDA: R$5,7500

EURO

COMPRA: R$6,7259

VENDA: R$6,7289

OURO NY

U$1.725,51

OURO BM&F (g)

R$312,40 (g)

BOVESPA

+0,27

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Finanças livre

Fundos têm maior captação da série histórica para janeiro

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Fundos têm maior captação da série histórica para janeiro
Crédito: Divulgação

São Paulo – Os fundos de ações bateram recorde de captação em 2019 e seguem em alta neste ano. As entradas líquidas de recursos nesses produtos chegaram a R$ 21,3 bilhões em janeiro, o maior valor da série histórica da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) para o primeiro mês do ano.

O resultado dos fundos de ações no período supera, inclusive, a captação líquida total da indústria, de R$ 6,2 bilhões, que foi puxada para baixo, principalmente, pelo resgate líquido de R$ 19,4 bilhões dos fundos de renda fixa.

PUBLICIDADE

“Já estamos no quarto mês consecutivo que os investidores resgatam mais do que aportam nos fundos de renda fixa. Esse comportamento reafirma a busca por alocações menos conservadoras no cenário de juros baixos. Com a nova queda da Selic esta semana, a tendência é que o cenário se mantenha”, afirma o vice-presidente da Anbima, Carlos André.

Os multimercados também continuam em alta: a captação de R$ 8,7 bilhões em janeiro supera em 89% o resultado do mesmo período do ano passado. Os fundos de previdência cresceram 1,247% na mesma base de comparação, para R$ 1,3 bilhão.

Rentabilidade – Os fundos de ações também se destacam quanto à rentabilidade. Mesmo com o resultado negativo do Ibovespa em janeiro (-1,63%), a maior parte dos tipos dessa classe encerrou o mês com retornos positivos. O tipo Ações Livres, em que não há compromisso de concentração em uma estratégia específica, teve média de 1,98%. Entre os multimercados, o tipo Long and Short Neutro, que faz operações de ativos e derivativos ligados à renda variável, teve ganhos de 2,13%. Na renda fixa, a alta foi maior no tipo Investimentos no Exterior, que deve investir parcela superior a 40% do patrimônio líquido em ativos financeiros no exterior, com 2,45%. (Com informações da Anbima)

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente