Crédito: Pixabay

Você tem uma ótima ideia, mas não sabe como colocá-la em prática? O momento é agora. O Launch 5, programa de pré-aceleração do Raja Ventures vai contemplar 30 projetos inovadores e com potencial de crescimento que possam trazer soluções para os mais diversos segmentos como Energia, Construção Civil, Agricultura, Games, Setor Bancário e Financeiro, Mercado Imobiliário e Indústria Automotiva.

Projetos que também tenham foco em tecnologias emergentes nas áreas de Inteligência Artificial; Internet das Coisas (IoT); Indústria 4.0; Blockchain e Building Information Model (BIM) são também muito bem-vindos.

Os participantes melhor colocados ao final do programa poderão optar por receber investimentos do Raja Ventures em troca da concessão de participação acionária de seus capitais sociais referentes ao negócio acelerado.

Para o primeiro lugar, o Raja Ventures fará um investimento de R$ 60 mil para concessão de 7,5% de participação acionária. Já o segundo lugar, para um investimento de R$ 40 mil, a concessão será de 5% de participação acionária e, para o terceiro lugar, o investimento será de R$ 20 mil mediante concessão de 2,5% de participação acionária. O valor total de investimento concedido pelo Raja Ventures será de R$ 120 mil.

Por que investir em startups?
O motor que impulsiona o mundo é a inovação. Isso fica ainda mais claro durante a pandemia, na qual empresas são obrigadas a se reinventar e ajustar seus modelos de negócio. Estamos vivendo um tsunami em todas as indústrias e investir em startups é como pavimentar o futuro.

Por isso, o Launch 5 investe em startups com grande potencial de crescimento, preferencialmente com escalabilidade global e com uso intensivo de tecnologia em suas soluções. Serão investidos, no total, R$ 120 mil para os três melhores classificados.

Qual é o perfil do empreendedor de sucesso?
Não basta ter uma boa ideia. Para empreender é preciso ter resiliência, capacidade de suportar momentos de vacas magras e, principalmente, investir muito tempo em conhecimento. Uma boa dose de persistência e capacidade de construir projetos que possam, efetivamente, mudar a vida das pessoas são algumas das características daqueles que conseguem consolidar um negócio de sucesso.

Uma outra característica do empreendedor e o que o Launch faz muito bem é conectar pessoas ao ecossistema de inovação. Segundo Amanda Carvalho, analista de Inovação e Novos Negócios do Raja Ventures e coordenadora do Launch, um dos benefícios do programa é fazer a ponte entre empresas e empreendedores para fechar parcerias e validar o modelo de negócio. Ainda segundo a especialista, um dos objetivos do programa é fortalecer o ecossistema de startups de Belo Horizonte e região.

Mas, afinal, o que é uma startup?
Podemos definir startup como um grupo de empreendedores que desenvolvem um modelo de negócios de impacto e, preferencialmente, escalável e repetível, trabalhando em condições de extrema incerteza e se propondo a utilizar tecnologia e modelos de negócios disruptivos e inovadores.

O esforço dos participante é fundamental para o crescimento da startup. Por isso, durante o programa de pré-aceleração, haverá mentorias, capacitação e treinamentos intensos para que a ideia ganhe forma e possa se desenvolver.

Quem pode se inscrever?
Os projetos que farão parte do programa de pré-aceleração podem ou não possuir registro formal. É obrigatório que os participantes, pessoas física brasileiras ou de qualquer outra nacionalidade, tenham acima de 18 anos.

Pelo menos um membro do projeto precisa ter disponibilidade mínima de 20 (vinte) horas semanais para participação nas atividades online e desenvolvimento do projeto, podendo haver revezamento de seus integrantes nas atividades obrigatórias do programa.

Como se inscrever e quais os benefícios?
Os representantes das startups participarão de forma remota por meio da plataforma e não haverá qualquer prejuízo no desenvolvimento das etapas. As inscrições se encerram no dia 31 de maio e o resultado será divulgado no dia 5 de junho. O programa terá início no dia 15 de junho.