COTAÇÃO DE 02-12-2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6600

VENDA: R$5,6600

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8130

EURO

COMPRA: R$6,3753

VENDA: R$6,3783

OURO NY

U$1.768,55

OURO BM&F (g)

R$319,92 (g)

BOVESPA

0,4902

POUPANÇA

+3,66%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Anbiotec apresenta demandas ao governo

COMPARTILHE

Crédito: Pixabay

A Associação Nacional das Empresas de Biotecnologia (Anbiotec) realizou audiência junto ao governo de Minas Gerais para deliberar ações em prol ao desenvolvimento do setor da Biotecnologia e Saúde no Estado. A associação representa empresas de: tecnologias aplicadas para saúde humana e animal; diagnóstico molecular, genética in vitro (IVD); controle laboratorial; clonagem vegetal; biomateriais; medicina regenerativa; e equipamentos médico-hospitalares.

De acordo com a presidente da Anbiotec, Vanessa Silva, algumas demandas levadas ao encontro são comuns ao setor produtivo nacional como um todo, como as dificuldades logísticas e a desburocratização para a importação de insumos, por exemplo. Outras, porém, têm um caráter mais específico e podem ser divididas em quatro grandes grupos: tributária, logística, financiamento e atração de investimentos.

PUBLICIDADE

“A Anbiotec é uma associação nacional com berço em Minas Gerais, nascida há dez anos. Nosso Estado concentra boa parte do mercado de biotecnologia brasileiro, sendo o principal hub, com empresas espalhadas por todas as regiões. Retomamos essa conversa com o governo para trazer os nossos números e mostrar as necessidades que temos. Com a pandemia houve uma mudança grande na direção dos investimentos. A sociedade está mais atenta, existe uma mudança de padrão de hábitos, com uma busca por cuidados prévios muito grande. As indústrias precisam responder aos consumidores”, explica Vanessa Silva.

A entidade representa mais de 100 empresas e entidades ligadas ao setor. Estiveram presentes no encontro, por meio eletrônico, 20 empresas mineiras. Juntas elas somam cerca de 1.300 funcionários e têm faturamento estimado em R$ 1 bilhão ao ano.

A principal demanda é por políticas de atração e retenção de investimentos para competir com outros estados.

“Hoje temos empresas concorrendo com as grandes indústrias internacionais. Existe uma disputa por esses investimentos e cérebros. Não podemos exportar conhecimento e desenvolvimento. Precisamos rever a questão tributária em Minas, oferecendo um diferencial para atrair empresas. A substituição tributária é uma dor muito forte para o setor. Também pedimos que o Estado tenha uma ação de articulador e facilitador no diálogo com os municípios mineiros e o governo federal. A questão do desembaraço dos insumos importados no aeroporto internacional, é um bom exemplo. O empresário precisa de celeridade para atender a população que busca por saúde e melhores condições de vida e o estado pode nos ajudar”, completa a presidente da Anbiotec.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!