COTAÇÃO DE 07/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2280

VENDA: R$5,2290

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2070

VENDA: R$5,3830

EURO

COMPRA: R$6,3509

VENDA: R$6,3522

OURO NY

U$1.831,42

OURO BM&F (g)

R$307,84 (g)

BOVESPA

+1,77

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Belgo cria gerência dedicada à diversidade e inclusão

COMPARTILHE

Precisamos furar nossas bolhas, ter um ambiente mais diverso, afirma Luciana Macedo | Crédito: Divulgação / Belgo Bekaert

Líder brasileira na transformação de arames de aço, a Belgo Bekaert deu mais um passo na construção de uma empresa mais diversa e inclusiva, criando uma gerência dedicada ao tema. A criação de uma área específica – a Gerência de Diversidade, Inclusão e Responsabilidade Social – vem como resultado do trabalho realizado até então por grupos voluntários de empregados, que desde 2019 desenvolvem estratégias e ações voltadas para modificar o ambiente de trabalho na Belgo Bekaert.

A nova área será liderada por Luciana Macedo, executiva que já atuava como coordenadora do Comitê de Diversidade e Inclusão da empresa.

PUBLICIDADE

“Precisamos ter um olhar a mais para o próximo, nos descontruir, furar nossas bolhas e ter um ambiente mais diverso e inclusivo. A formalização de uma gerência reforça a crença da empresa na diversidade como essencial para uma sociedade mais justa e como potencializadora da inovação nos negócios, trazendo novos olhares e novos resultados”, explica Luciana Macedo. Oriunda da área de importação e logística da empresa, ela aceita o desafio após se engajar com o tema. “É uma mudança de foco na minha carreira, em uma oportunidade única de contribuir ainda mais com a sociedade”, afirma.

Além dos atuais pilares de atuação (Equidade de Gênero, Pessoas com Deficiência e Migrantes em Vulnerabilidade), a gerência amplia o desafio da empresa e abre outras frentes de trabalho para 2021: Igualdade Racial, LGBTI+ e Gerações.

Romper com o machismo, racismo, homofobia, etarismo e outros padrões que estão enraizados na sociedade foram elencados pela gerência como o primeiro passo para engajar todos os empregados. “Estudos internacionais afirmam que uma corporação precisa de pelo menos 30% de seu quadro engajado no tema para que a iniciativa se sustente”, avalia Luciana Macedo.

Em 2020, mesmo com as medidas de proteção e o trabalho home office, impostos pela pandemia do coronavírus, os grupos de trabalho da Belgo não pararam. No pilar que focou em migrantes e refugiados em situação de vulnerabilidade, o resultado já são 28 empregados oriundos da Venezuela e do Haiti, graças a parcerias com instituições apoiadoras da causa. Já no pilar Equidade de Gênero, a Belgo Bekaert assumiu este ano o compromisso de aumentar em 10% os cargos de liderança ocupados por mulheres em um prazo de três anos e elevar em 30% o número de empregadas até 2030 em toda a empresa.

A Belgo Bekaert é líder brasileira na transformação de arames de aço desde sua criação, fruto da parceria estratégica no Brasil entre a ArcelorMittal e a Bekaert. A empresa atua nos segmentos de Agronegócios, Cercamentos, Construção Civil, Automotivo, Solda, Aplicações Especiais e Indústria Petrolífera, oferecendo um mix de produtos e serviços que atendem com tecnologia de ponta, confiabilidade e qualidade aos mais diversos perfis de clientes.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!