COTAÇÃO DE 21-01-2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4550

VENDA: R$5,4550

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4870

VENDA: R$5,6130

EURO

COMPRA: R$6,1717

VENDA: R$6,1729

OURO NY

U$1.829,52

OURO BM&F (g)

R$320,53 (g)

BOVESPA

-0,15

POUPANÇA

0,6107%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Comprovei estima faturamento de R$ 5 milhões

COMPARTILHE

" "
As empresas passaram a entender a logística como uma estratégia para fugir da guerra de preços, afirmou Gustavo Padial | Crédito: Divulgação
As empresas passaram a entender a logística como uma estratégia para fugir da guerra de preços, afirmou Gustavo Padial | Crédito: Divulgação

A pandemia revelou ao mundo, e aos brasileiros, especialmente, a importância da logística. Muitas vezes impossibilitados de sair de casa, consumidores de todos os perfis foram obrigados a fazer compras remotas e esperar pelas entregas.

Se entre comércio e consumidor essa relação se tornou muito mais intensa, entre indústria e comércio o fenômeno se deu em igual ou maior proporção. A possibilidade de fechamento de cidades, estradas, portos e alfândegas fez com que o rastreamento das entregas se tornasse imprescindível.

PUBLICIDADE




E foi essa preocupação geral que levou a Comprovei, startup sediada em Itajubá, no Sul de Minas, a um crescimento acima de 30% no ano passado e projetar igual resultado para 2021. No mercado desde 2016, a startup quer superar, pela primeira vez, a marca dos R$ 5 milhões em faturamento.

A tecnologia da Comprovei ajuda distribuidores, atacadistas, indústrias, redes de varejo, transportadoras e operadores logísticos a terem visibilidade, em tempo real, das entregas dos produtos desde o momento do embarque até a chegada ao cliente que fez o pedido, que pode ser um ponto de venda como um supermercado, farmácia ou comércio em geral.

De acordo com o diretor de vendas e marketing da Comprovei, Gustavo Padial, nos últimos meses as empresas passaram a entender a logística como uma estratégia para fugir da guerra de preços.

“Durante a pandemia empresas e consumidores passaram a ver na entrega um valor. Se a competição por preços chega a um limite, é preciso oferecer outros diferenciais. Nesses tempos em que vivemos, um diferencial lógico é a qualidade da entrega, ou seja, o resultado do processo de logística”, explica Padial.




Para fazer uma gestão do processo eficiente, porém, são precisos dados. É justamente nesse ponto que entra a tecnologia, capaz, inclusive, de fazer análises preditivas. O intuito final é sempre evitar as devoluções e o retrabalho que isso gera. Atrasos e re-entregas geram novos custos entre indústria e distribuidores e insatisfação do consumidor final.

Com foco estabelecido nas cadeias produtivas de alimentos e medicamentos, a Comprovei já começou o processo de internacionalização dos negócios ancorada nos serviços prestados para empresas globais no Brasil.

“Percebemos que o advento do home office, ter dados para tomar decisão vai fazer parte da estratégia de TI das empresas. Já tínhamos bons clientes que continuaram crescendo durante a pandemia e outros vieram rápido. Também atuamos com forte presença na vertical de indústrias químicas. A Basf nos levou para a América Latina, são cinco países. Mas em 2021 o nosso foco principal é continuar crescendo no Brasil”, afirma.

Para suportar o crescimento a startup precisa, claro, de mão de obra qualificada. Apesar da notória escassez de profissionais de tecnologia da informação no Brasil, o gestor aposta na qualidade do ecossistema de inovação do Sul de Minas.

“Decidimos não contratar pessoas de fora de Itajubá, somos muito felizes na cidade e podemos continuar crescendo lá. Gostamos desse modelo de mostrar como somos. Toda sexta paramos para fazer uma reunião. Investimos muito no nosso pessoal. O ecossistema da região é muito grande e completo. Sabemos o tamanho que temos e o que queremos ter e é possível alcançá-lo na cidade que nos acolheu”, completa o diretor de vendas e marketing da Comprovei.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!