COTAÇÃO DE 20/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8730

VENDA: R$4,8740

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,9500

VENDA: R$5,0570

EURO

COMPRA: R$5,1492

VENDA: R$5,1504

OURO NY

U$1.846,53

OURO BM&F (g)

R$288,58 (g)

BOVESPA

+1,39

POUPANÇA

0,6441%

OFERECIMENTO

Negócios

CURTAS NEGÓCIOS | 19/11

COMPARTILHE

Crédito: Freepik

Fiemg Jovem seleciona novos membros

Para contribuir com a formação da próxima geração de líderes industriais, o Programa de Desenvolvimento de Lideranças Fiemg Jovem está com as inscrições abertas, até o dia 20 de novembro, para seu processo seletivo. Os jovens líderes precisam ter entre 20 e 37 anos; ser empresário industrial, sucessor ou executivo na indústria em posição de decisão; estar ligado ao ecossistema industrial de forma relevante; ter disponibilidade, aproximada, de 4h mensais e ser associado a um sindicato ligado à Fiemg ou ter a possibilidade de se associar imediatamente após o ingresso no Programa. O Programa de Desenvolvimento de Lideranças Fiemg Jovem, ligado à Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), é formado por jovens que personificam a inovação e buscam o aperfeiçoamento. Além disso, por meio do associativismo, contribuem para melhoria do cenário industrial mineiro. Saiba mais sobre o Fiemg Jovem e o processo seletivo acessando o link https://bit.ly/3nsCKfT.

Processo seletivo do programa High School do Coleguium

O Coleguium está com inscrições abertas para o processo seletivo do programa High School na unidade internacional do bairro Buritis, em Belo Horizonte. Podem participar todos os alunos que vão cursar o 9º ano do Ensino Fundamental em 2022 e as inscrições devem ser feitas pelo e-mail buritis@coleguium.com.br ou pelos telefones (31) 2528-0062, 3490-5000 (ramais 5012, 5132, 5421, 5140), 99559-5412 ou 98463-3291 (WhatsApp). As turmas são reduzidas, com vagas limitadas. O programa High School, que integra o Coleguium Internacional Buritis há cinco anos, é iniciado a partir do 9º ano do Ensino Fundamental. No contraturno, os alunos estudam disciplinas do currículo americano, além das disciplinas aprendidas no currículo regular (ensinadas no primeiro turno). Nesse segmento, são lecionadas, em inglês, matérias como oratória, marketing, economia, saúde, língua e literatura inglesa, história americana, entre outras, em parceria com universidades americanas renomadas: James Madison University e Brigham Young University (BYU). Dessa forma, ao praticar o inglês em nível acadêmico, os alunos são expostos à cultura americana e finalizam o ciclo mais preparados para sua escolha profissional.

BH é finalista de prêmio de inovação no turismo

PUBLICIDADE




A Prefeitura de Belo Horizonte é uma das finalistas do Desafio Turistech Brasil, na categoria “Destinos, empresas e academia”. O projeto que concorre à premiação é o “T3: Turismo, Tecnologia e Tendência”, desenvolvido por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Belotur, em parceria com o Sebrae Minas e a MaxMilhas, através do chamamento público do Laboratório Aberto da PBH. O T3 é um projeto piloto para um hub de inovação em turismo, que tem como objetivo promover o mindset de inovação no mercado de turismo brasileiro. Para isso, diversos atores da cadeia produtiva do setor, como poder público, travel techs, startups e instituições de ensino, se reuniram para fomentar, estimular e incentivar a proposição de soluções criativas, tecnológicas e inovadoras para o turismo. O ponto de partida do T3 foram oficinas de design thinking para mapear os desafios do turismo no Brasil que levaram à execução de três fases do projeto. A primeira delas foi realizada por meio de meetups/encontros virtuais que promovem uma troca de experiências e estratégias para a digitalização do turismo. As mesas-redondas contaram com a presença de representantes da MaxMilhas, Airbnb, ClickBus, Onfly e Sympla. A segunda fase contou com a realização de um hackathon para seleção de propostas para participação da terceira fase do projeto, que ainda está em andamento, e que tem como base um programa de pré-aceleração de startups e soluções para o turismo nacional. Toda a programação foi gratuita e aberta ao público.

Instituto Mano Down lança projeto inédito

Com o lema “ganhar é todo mundo participar”, o Projeto Futebol Inclusivo, para fomentar a prática de futebol e a criação do primeiro time com pessoas com síndrome de Down de Minas Gerais, será lançado nos dias 20 e 21 de novembro, no Centro de Futebol Cartola – avenida Professor Mário Werneck 850, Estoril, Belo Horizonte; pelo Instituto Mano Down – organização social de Belo Horizonte. O evento vai contar com a participação do técnico da seleção Brasileira de Futsal Down e dirigente da CBDI – Confederação Brasileira de Desportos para Deficientes, Cleiton Monteiro; do fundador da equipe Ponte Preta S21, Maurício Carvalho; de representantes do Instituto Galo, além de jogadores de futebol e outras representações esportivas e de instituições sociais. O projeto Futebol Inclusivo contempla pessoas com e sem deficiência, incluindo pessoas carentes, com idade entre 6 a 60 anos, e está sendo viabilizado por meio de projeto de lei de incentivo, com o apoio da Unilever Brasil e da Secretaria de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese).

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!