COTAÇÃO DE 23/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3090

VENDA: R$5,3100

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3230

VENDA: R$5,4630

EURO

COMPRA: R$6,2055

VENDA: R$6,2068

OURO NY

U$1.742,23

OURO BM&F (g)

R$297,77 (g)

BOVESPA

+1,59

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Dono do Oiapoque confirma negociação, mas nega compra do Othon Palace

COMPARTILHE

O prédio que abrigava o Othon Palace tem quase 300 apartamentos | Crédito: Luciana Montes

Belo Horizonte amanheceu sob a notícia da venda do prédio do Othon Palace, fechado há dois anos, para o Grupo Mário Valadares, proprietário do Shopping Oiapoque, na Capital, e do Só Marcas Outlet, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Apesar de confirmar o interesse no imóvel e negociações em curso, o empresário Mário Valadares negou à reportagem a conclusão do negócio, estimado em R$ 30 milhões por fontes de mercado. 

A especulação diz respeito até a forma de pagamento, dividida em uma entrada de 50% e o restante parcelado. “Nada foi concluído. Fake news!”, respondeu Valares laconicamente à reportagem do DIÁRIO DO COMÉRCIO.

PUBLICIDADE

Em outubro do ano passado, a rede tentou vender o imóvel em um leilão virtual sem sucesso. Sobre a notícia da venda que circula na Capital, a rede Othon negou a informação.

“A rede de Hotéis Othon, por meio da sua assessoria de imprensa, nega a informação da venda do imóvel onde funcionava o Belo Horizonte Othon Palace. Além disso, a rede afirma que não há negociação em andamento com o grupo citado ou o envolvimento do consultor Marteen Van Sluiz, citado na matéria veiculado pela Rádio Itatiaia, que não está autorizado a falar em nome da empresa. A venda do imóvel em Belo Horizonte faz parte do plano da Rede, que é tratado de forma confidencial pelos seus executivos”, afirmou em nota oficial.

Para o presidente do Belo Horizonte Convention & Vistours Bureau (BHC&VB), Jair Aguiar, se confirmada, a notícia não agrada o setor de turismo mineiro. “Caso não permaneça como hotel, será uma perda para o nosso setor. Infelizmente mais situações como essa virão, já que o setor do turismo e eventos de Belo Horizonte tem sido deixado à sua própria sorte. Lamentável!”, avalia Aguiar.

Patrimônio de BH

O Othon Palace faz parte da história e do patrimônio da cidade. Inaugurado em 1978, com quase 29 mil metros quadrados de área construída, tem a fachada tombada em um dos principais endereços comerciais da cidade, a Avenida Afonso Pena, no Hipercentro. 

Quando foi fechado, o hotel sofria, a exemplo de toda a cadeia hoteleira de Belo Horizonte, com uma crise de superoferta e tarifas abaixo da média nacional. Mesmo assim tinha boa ocupação e eventos constantes.Naquela época, o comunicado enviado pela rede à imprensa foi lacônico e, depois de um dia inteiro de especulações, se limitou a confirmar o fechamento da unidade e também do Bahia Othon Palace, em Salvador (BA), na mesma data.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!