COTAÇÃO DE 22/06/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,9650

VENDA: R$4,9660

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,9570

VENDA: R$5,1130

EURO

COMPRA: R$5,9745

VENDA: R$5,9772

OURO NY

U$1.778,62

OURO BM&F (g)

R$286,53 (g)

BOVESPA

-0,38

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios
A ArcelorMittal será muito feliz com o casamento com o CIT, brincou Flávio Roscoe - Créditos: Divulgação

Foi assinado ontem, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), um convênio entre a entidade e a ArcelorMittal para a criação do Centro de Inovação ArcelorMittal Aços Longos Brasil para a Indústria (Ciami). Segundo o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, a Federação se orgulha da relação próxima com a Arcelor e as ações conjuntas das duas empresas.

“Estamos aqui para servir à indústria, não apenas oferecendo formação técnica, mas também auxiliando e ofertando serviços que atendam a todo o escopo da cadeia industrial”, pontuou o líder empresarial.

PUBLICIDADE

O Ciami, que será instalado no Centro de Inovação e Tecnologia do Senai Fiemg (CIT), tem o objetivo de desenvolver projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I).

Desta maneira, irá possibilitar à ArcelorMittal acesso a uma ampla variedade de modernos equipamentos visando promover o ensino, pesquisa e a inovação para a sustentabilidade social, ambiental e econômica da cadeia produtiva da construção e do aço.

“A ArcelorMittal será muito feliz com o casamento com o CIT”, brincou Roscoe, desejando que essa relação seja duradoura.

O início da relação que levou ao convênio com a Federação foi uma visita de gestores da empresa de Aços Longos ao CIT. Jefferson De Paula, CEO da Aços Longos Latam, conta que o Centro de Inovação e Tecnologia Fiemg Senai tem muito potencial.

“A parceria com o CIT irá contribuir não apenas para o desenvolvimento da empresa mas, também, de toda a cadeia produtiva industrial de Minas Gerais”, afirmou.

O CEO disse que a empresa prima por eficientes inovadores e que o Ciami compõe uma rede de 12 centros de inovação que a ArcelorMittal tem em todo o mundo.

“Temos mais de 1.500 pesquisadores e somos uma empresa voltada, também, para a pesquisa”, afirmou dizendo que o convênio, que a princípio tem a previsão de duração de dois anos, irá gera muitos bons frutos. “A indústria que não inova, morre”, ressaltou.

Dentre os presentes no evento de assinatura do convênio estava Cláudio Marcassa, superintendente do Sesi-MG e diretor regional DR-MG.

“Esta parceria consolida a mudança de patamar do Centro de Inovação e Tecnologia do Senai Fiemg visando tornar-se um Centro de Excelência de classe mundial, atendendo a Indústria e contribuindo para uma sociedade mais próspera”, afirma o gestor.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!