COTAÇÃO DE 26/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,7610

VENDA: R$4,7610

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8500

VENDA: R$4,9530

EURO

COMPRA: R$5,1433

VENDA: R$5,1459

OURO NY

U$1.850,86

OURO BM&F (g)

R$284,80 (g)

BOVESPA

+1,18

POUPANÇA

0,6719%

OFERECIMENTO

Negócios

Futebol deve impulsionar hotelaria em BH

COMPARTILHE

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Capaz de movimentar bilhões de dólares ao redor do mundo, o futebol arrasta multidões que atravessam fronteiras atrás de clubes e seleções que se enfrentam em campeonatos de todos os portes. A cadeia produtiva do turismo é uma das mais beneficiadas com essa paixão mundial. Em Belo Horizonte os hotéis – principalmente da região da Pampulha – esperam ansiosos por jogos importantes e que envolvam grandes torcidas.

De acordo com estatísticas divulgadas pelo instituto de consultoria financeira internacional Deloitte, ao final de 2017, o mercado da bola ultrapassou a marca dos R$ 100 bilhões movimentados. Esse valor é maior que o Produto Interno Bruto (PIB) de quase 100 países, segundo o Banco Mundial. O número soma valores com publicidade, cotas televisivas, direitos trabalhistas, salários de envolvidos, aluguel de estruturas que não são dos clubes e o consumo do torcedor, seja na aquisição de produtos ou na compra de ingressos, entre outros itens.

PUBLICIDADE




Este ano a temporada já se mostra pródiga para empreendimentos mineiros, já que Atlético e Cruzeiro estão na Copa Libertadores da América – torneio anual interclubes – e a Copa América, torneio entre seleções que acontece de quatro em quatro anos e que em 2019 será realizado no Brasil.

De acordo com o gerente de Vendas Interno do Ouro Minas, Leandro Santos, o futebol é tratado como um dos principais negócios do hotel que fica na região Nordeste. Acostumado a receber delegações estrangeiras, já foi anunciado como um dos hotéis oficiais da Copa América em Belo Horizonte.

Agora, espera saber quais seleções vai abrigar. Terão jogos na Capital: Bolívia, Venezuela, Argentina, Paraguai, Uruguai, Equador e Japão na primeira fase, entre os dias 16 e 24 de junho. O Mineirão ainda receberá uma das semifinais, no dia 2 de julho. A expectativa é grande pela presença da seleção brasileira nesta data.

Este ano o Ouro Minas já recebeu os times do Danubio e Defensor Sporting, ambos do Uruguai; e Cerro Poteño, do Paraguai. Os dois primeiros pela “pré-Libertadores” e o último já pela fase de grupos do mesmo torneio, em jogos contra o Atlético. E já estão confirmadas as reservas do Zamora, time venezuelano, que vai jogar contra o Atlético no dia 3 de abril. A equipe vai ficar hospedada entre os dias 1º e 5, com 45 pessoas que vão ocupar 33 quartos. Para a Copa América, o hotel já recebeu algumas visitas técnicas de seleções e espera a confirmação da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para saber quais irá hospedar.

PUBLICIDADE




“Somos um hotel referência nesse segmento e nos acostumamos a receber importantes delegações especialmente durante a Copa das Confederações (2013) e Copa do Mundo (2014). Cada jogo desse é tratado como um evento e mobiliza toda a estrutura: da segurança aos cardápios especiais. Além dos jogadores e equipe técnica, também recebemos imprensa, patrocinadores e, claro, torcedores. Alguns fazem questão de ficar no mesmo hotel da sua seleção ou que um determinado jogador está, ainda que não seja do seu país. Já existem empresas especializadas em oferecer esse tipo de experiência para turistas”, explica Santos.

Leia também:

Competições causaram boa impressão

Divulgação – Times e seleções não costumam ficar menos de duas noites. A presença dos veículos de comunicação é bem-vinda porque ajudam a divulgar a cidade e o próprio hotel para diferentes praças. Já para os profissionais é mais tranquilo acompanhar o dia a dia dos atletas estando no mesmo hotel.

“Temos acordo com várias emissoras de TV. Elas podem fazer chamadas no nosso hall, têm espaço próprio para trabalhar e contam com toda a nossa infraestrutura e atendimento que já está treinado para essas demandas”, pontua o gerente de Vendas Interno do Ouro Minas.

Além do Cerro Porteño, cujo jogo aconteceu no dia 6 de março, e o Zamora, o Atlético ainda receberá o Nacional do Uruguai, no dia 23 de abril. Já o Cruzeiro vai receber Deportivo Lara, da Venezuela (13/3); Huracán, da Argentina (9/4); e Emelec, do Equador (8/5) nesta fase.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!