COTAÇÃO DE 05/03/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6825

VENDA: R$5,6835

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6670

VENDA: R$5,8430

EURO

COMPRA: R$6,7719

VENDA: R$6,7732

OURO NY

U$1.698,69

OURO BM&F (g)

R$310,22 (g)

BOVESPA

+2,23

POUPANÇA

0,1159%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

DC adere ao movimento Unidos pela Vacina

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: TOMAZ SILVA / AGÊNCIA BRASIL

Ciente do papel fundamental do jornalismo no esclarecimento, conscientização, importância e estímulo à vacinação contra o novo coronavírus, o jornal DIÁRIO DO COMÉRCIO aderiu ao movimento ‘Unidos pela Vacina’.

A iniciativa é capitaneada pela executiva do Magazine Luiza e empresária Luiza Helena Trajano, que tem o objetivo de sanar problemas técnicos e logísticos na distribuição do imunizante para que todos os brasileiros sejam imunizados até setembro deste ano.

PUBLICIDADE

“Somente pela vacinação de toda a população, ou grande parte dela, poderemos voltar a uma vida normal e retomar o pleno funcionamento da economia”, afirma a Presidente e Diretora Editorial do jornal DC, Adriana Muls

Por parte do DC, o comprometimento será, além de manter seus leitores informados sobre a importância da vacinação, divulgar a campanha criada pelo movimento em suas redes sociais e no jornal impresso, fortalecendo o alcance da iniciativa.

A líder do movimento, Luiza Helena Trajano, é também presidente do Grupo Mulheres do Brasil, e suas 75 mil voluntárias, que potencializaram forças e vozes unindo-se a entidades como Instituto de Desenvolvimento do Varejo (IDV), Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) e Federação Brasileira de Bancos (Febraban), entre outras instituições, lançando o movimento Unidos pela Vacina.

Segundo a empresária, a ideia surgiu no final do ano passado, com a campanha de conscientização Vacina para Todos, do Grupo Mulheres do Brasil.

“A partir dali, tentamos entender como poderíamos ajudar e concluímos que era preciso partir para uma ação efetiva. O movimento passou por uma transformação, trouxemos mais parceiros, empresários e executivos de diferentes setores e organizações não governamentais e surgiu o Unidos pela Vacina”, explica.

A mobilização é apartidária e pretende contribuir em diversas frentes de trabalho que farão interfaces com o governo federal, com os Estados, secretarias de saúde, municípios e meios de comunicação. O objetivo é que não haja entraves para que a vacinação chegue o mais rápido possível a todos os cantos do Brasil.

“Graças aos nossos cientistas, ao SUS, nós temos as vacinas. E agora, vamos trabalhar para que nenhum entrave, de qualquer natureza, impeça que as vacinas cheguem a qualquer ponto do País, seja nos grandes centros, seja no interior mais remoto, nas comunidades ou populações ribeirinhas. Vamos, juntos, cumprir essa meta de vacinação para todos os brasileiros até setembro deste ano”, conclui Luiza Helena Trajano.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente