COTAÇÃO DE 27/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,7380

VENDA: R$4,7380

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8300

VENDA: R$4,9460

EURO

COMPRA: R$5,0781

VENDA: R$5,0797

OURO NY

U$1.853,86

OURO BM&F (g)

R$284,80 (g)

BOVESPA

+0,05

POUPANÇA

0,6462%

OFERECIMENTO

Negócios

Muriaé vai em busca de recursos do Prodetur para obra de R$ 14 mi

COMPARTILHE

Créditos: Gustavo Messina/MTur

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, entregou ontem ao prefeito de Muriaé, na Zona da Mata, Ioannis Konstantinos Grammatikopoulos, o Selo Oficial +Turismo para projeto de infraestrutura turística do município. O documento garante prioridade na análise e tramitação da proposta de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A obra, orçada em R$ 14 milhões, prevê complementos de pavimentação na estrada de acesso do distrito de Itamuri ao distrito de Belisário, na serra de Muriaé. O Prodetur + Turismo, lançado há menos de um ano pelo MTur, já recebeu um total de 126 propostas, que somam mais de R$ 5 bilhões para obras de infraestrutura turística, saneamento, montagem de observatórios de turismo, divulgação de destinos e produtos, entre outras.

“O interesse de estados, municípios e da iniciativa privada pelo Prodetur mostra o tamanho do potencial que ainda temos para desenvolver o turismo brasileiro. Esses recursos são fundamentais para melhorarmos o nosso posicionamento num mercado cada vez mais disputado”, comentou o ministro do Turismo. O Prodetur + Turismo é uma linha de crédito com condições especiais, criada sob demanda para o Ministério do Turismo. Até o momento, os recursos disponíveis são do BNDES (R$ 5 bilhões) e do Banco de Desenvolvimento da América Latina – CAF (US$ 1 bilhão).

PUBLICIDADE




Para o prefeito Grammatikopoulos, “esse tipo de ação vai exatamente na linha do compromisso de campanha do presidente Jair Bolsonaro – quando ele falava em Mais Brasil, menos Brasília. Nós dos municípios estamos longe da capital (federal) e precisamos de ajuda para acessar os recursos do governo federal”. O gestor público estava acompanhado de comitiva técnica e do vereador Carlos Antônio.

A obra do município de Muriaé contemplada com o selo +Turismo prevê a pavimentação de 14 quilômetros com trechos de inclinação acentuada que, por não ter asfalto, dificulta a passagem de automóveis, ônibus turísticos e escolares. O local possui, além do Pico do Itajuru, atrativos turísticos como cachoeiras, mirante, roteiros que abrangem fazendas, piscicultura, apicultura e atrativos de turismo de base comunitária, que proporcionam aos turistas a vivência da rotina das comunidades da área rural.

Cursos – Ontem, o ministério alertou os alunos inscritos nos cursos de qualificação on-line para ficarem atentos à data limite para a conclusão dos programas de estudos. O prazo final é no dia 17 de fevereiro tanto para o curso de Atendimento ao Turista, do canal Brasil Braços Abertos (BBA), quanto para o curso de Gestor de Turismo, que, juntos, receberam 36.601 inscrições no ano passado.

O Ministério do Turismo está emitindo alertas para os usuários das duas plataformas, lembrando do último prazo para finalizar os dois cursos. No de Atendimento ao Turista, aberto ao público em geral, podem emitir o certificado de conclusão os que completarem todos os módulos, atingindo 696 pontos. Já na plataforma destinada principalmente a gestores públicos e privados de turismo, a pontuação exigida para certificação é de 429.

PUBLICIDADE




Levantamento realizado pelo Departamento de Qualificação do MTur mostra que 1.138 alunos concluíram o curso de Atendimento ao Turista, de 80 horas-aula, e 937 o de Gestor de Turismo, de 50 horas. No total, já são mais de dois mil alunos que completaram o ciclo e podem solicitar nas plataformas on-line o certificado de conclusão, que equivale ao de um curso de extensão para o BBA e ao de um curso profissionalizante para gestores.

Os cursos à distância oferecidos pelo Ministério do Turismo são destinados a profissionais que atuam em atividades turísticas ou interessados em ingressar neste mercado de trabalho. O turismo é uma atividade econômica que movimenta mais de 50 segmentos produtivos impactados direta e indiretamente pelo setor de viagens, com forte potencial e capacidade para geração de empregos e renda.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!