Crédito: Divulgação

A Oi investiu mais de R$ 156,9 milhões em Minas Gerais no primeiro trimestre de 2019, um aumento de 64% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em 2018, a companhia investiu no Estado mais de R$ 474 milhões, um aumento de 14% em relação a 2017. A Oi planeja investir R$7 bilhões por ano até 2020, em todo o País, com foco na expansão de seu serviço de banda larga de fibra de alta velocidade (FTTH) e na rede 4G e 4,5G. Ao final de março, com o projeto de expansão de fibra de alta velocidade, a Oi alcançou um total de 1,7 milhão de casas passadas, com 145 mil clientes de fibra conectados, registrando uma taxa de ocupação de 8,7% das casas passadas.

No dia 12 de junho, a FTTH foi ativada em mais duas cidades de Minas Gerais: Juiz de Fora e Sete Lagoas. Além dessas duas, a fibra já está disponível também nas cidades de cidades de Belo Horizonte, Betim, Divinópolis, Montes Claros, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Pouso Alto, Ubá, Varginha e Vespasiano. A companhia também investiu na sua rede móvel com a modernização de 131 sites no Estado. A Oi possui cobertura 4G em 80 cidades de Minas Gerais e oferece 4,5 G na cidade de Ipatinga.

Pelo quarto mês seguido, desde que começou a fazer parte do índice do Netflix, a banda larga Oi Fibra ficou em primeiro lugar na medição de velocidade de internet, o que indica a melhora significativa da qualidade do serviço da companhia. O Oi Fibra oferece internet de até 200 mega, por meio de FTTH. Com essa capacidade, o serviço possibilita a melhor experiência no consumo de diferentes tipos de conteúdo, como streaming de vídeos e jogos eletrônicos, através de diversas plataformas. O Oi Fibra também permite o acesso dos clientes aos serviços da Oi de TV por internet (IPTV) e de voz por internet (VoIP), com conta e atendimento integrados, o que gera economia e conveniência. (Com informações da Oi)