COTAÇÃO DE 21-01-2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4550

VENDA: R$5,4550

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4870

VENDA: R$5,6130

EURO

COMPRA: R$6,1717

VENDA: R$6,1729

OURO NY

U$1.829,52

OURO BM&F (g)

R$320,53 (g)

BOVESPA

-0,15

POUPANÇA

0,6107%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

RHI Magnesita amplia investimentos

COMPARTILHE

" "
Até 2022, a RHI Magnesita fará aportes de R$ 2 milhões em parcerias com startups industriais | Crédito: Divulgação

A RHI Magnesita tem ampliado os investimentos em inovação aberta, modelo descentralizado e compartilhado de pesquisa, desenvolvimento e aplicação de soluções. Sendo desde 2019 uma das indústrias-madrinhas do Fiemg Lab, hub de aceleração da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), a companhia chegará a 2022 tendo investido cerca de R$ 2 milhões em parcerias com indtechs, startups focadas no setor industrial.

O Fiemg Lab funciona como uma ponte entre a indústria e as indtechs, que participam de editais que norteiam as jornadas de inovação aberta. Fomentar esse ecossistema é uma estratégia da RHI Magnesita para aprimorar aspectos da gestão, dos processos produtivos, da qualidade do ambiente de trabalho e do relacionamento com stakeholders.

PUBLICIDADE




Com participação confirmada na quarta jornada de aceleração do Fiemg Lab – cada jornada tem duração de 1,5 ano -, a RHI Magnesita participa do desenvolvimento de provas de conceito (POC’s). A POC pode ser entendida como um teste-piloto para validação de hipóteses, momento em que são verificadas a aderência e a efetividade das soluções propostas pelas indtechs às necessidades da operação e dos clientes da RHI Magnesita.

Soluções em teste – As quatro POC’s desenvolvidas junto à RHI Magnesita no último ciclo do Fiemg Lab 4.0 miram o desenvolvimento de um equipamento autônomo, espécie de veículo dedicado ao ambiente interno de plantas siderúrgicas para aplicação de materiais refratários, projeto desenvolvido com a Lume Robotics; a adoção de uma tecnologia que amplia o controle de qualidade durante a produção de refratários, em parceria com a TCX; uma ferramenta de business inteligence voltada para a área jurídica da companhia, trabalho conjunto com a EasyJur; e o desenvolvimento de um aplicativo para capacitar pequenos produtores rurais, solução pensada pela ManejeBem e aplicada em Brumado (BA) em um projeto de viés socioambiental.

“É muito importante salientar que a inovação aberta é um modelo que precisa de suporte de uma cultura organizacional aberta à experimentação. Nesse estágio, em que as soluções estão sendo testadas, é muito difícil prever se as tecnologias terão resultados positivos e se serão escaladas. Fato é que a RHI Magnesita está comprometida com o fomento dessa cultura organizacional e do ecossistema de inovação aberta. Além disso, a parceria com o Fiemg Lab é um dos melhores ambientes de conexão com indtechs capazes de propor aprimoramentos ao nosso negócio”, afirma o Gerente de Produtos Digitais na RHI Magnesita e Sponsor no Programa Fiemg Lab, Ramon Fraga Resende.

No último ciclo, 130 profissionais da RHI Magnesita estiveram envolvidos em atividades do Fiemg Lab, o que representa 2.354 homens-horas dedicadas a atividades de inovação aberta. Foram realizados 125 encontros de negócio com indtechs.




Modelos de inovação – RHI Magnesita trabalha em diversas frentes quando o assunto é inovação aberta. Diferentes projetos são capitaneados pelos centros de pesquisa da companhia ao redor do mundo, em parceria com universidades e outros atores. É o caso do desenvolvimento de tecnologias capazes de reduzir as emissões de CO2 da companhia.

Paralelo a esse modelo, a empresa investe em formatos como o Fiemg Lab, hub que reúne variadas fontes de conhecimento para o desenvolvimento de soluções disruptivas.

Conceitualmente, a inovação aberta é baseada no fato de que o conhecimento está amplamente distribuído e nenhuma empresa, por mais talentos e conhecimento que retenha, conseguiria inovar de forma plena atuando isoladamente.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!