COTAÇÃO DE 24/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3430

VENDA: R$5,3440

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3800

VENDA: R$5,5030

EURO

COMPRA: R$6,2581

VENDA: R$6,2594

OURO NY

U$1.750,87

OURO BM&F (g)

R$301,00 (g)

BOVESPA

-0,69

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Vik prevê fechar 2021 com faturamento de R$ 2 mi

COMPARTILHE

Na pandemia, a questão da saúde ficou mais importante dentro das empresas, disse Reis | Crédito: Divulgação/VIK

Já há bastante tempo empresas de todos os setores se preocupam com a saúde física de seus colaboradores. Oferecer planos de cobertura médica, sessões de ginástica laboral e convênios com academias são práticas bastante comuns. O distanciamento social, tão importante no combate à Covid-19, e o home office, porém, tornaram essas ações mais difíceis de ser realizadas e acompanhadas pela empresa.

E foi, justamente, por se propor a fazer a promoção da saúde física de forma remota que a startup Vik, sediada em Belo Horizonte, viu os negócios crescerem ao longo da pandemia e tem como meta de fechar o ano com um faturamento superior a R$ 2 milhões, e trazer cerca de 50 clientes ativos dentro da plataforma.

PUBLICIDADE

A Vik criou uma série de estratégias para levar qualidade de vida e saúde aos colaboradores das corporações brasileiras. De acordo com o sócio-proprietário da Vik, Pedro Reis, a empresa trabalha com um modelo de negócio contínuo, em que estimula as pessoas a cuidarem da saúde, com o auxílio de um aplicativo em que é possível subir de nível e acumular pontos à medida que o usuário cumpre as metas de exercício físico.

“Durante muito tempo as empresas se desenvolveram em promover o bem-estar profissional do colaborador, oferecendo trilha de carreira, treinamentos, entre outras coisas. De algum tempo pra cá, começaram a entender outros pilares do bem-estar: o físico, o social e o mental. Isso é um desafio muito grande para as empresas, mais da metade da população é sedentária, o que tem um impacto muito grande sobre a produtividade e doenças crônicas não transmissíveis”, explica Reis.

O aplicativo promete estimular a pessoa a ter uma vida através de um programa de estímulos variáveis que utiliza a gamificação com pilar.

Para os departamentos de recursos humanos (RH) das empresas, a plataforma também é vista como uma alternativa que ajuda a aumentar o desempenho do time, melhorar a integração entre os colaboradores e o clima organizacional, reduzir custos com absenteísmo e planos de saúde.

É uma ferramenta que incentiva a criar uma cultura de saúde na sua organização e que auxilia na retenção de talentos com uma proposta de valor para o colaborador. O aplicativo é multifuncional. Logo no início tem um questionário de saúde onde a pessoa ganha uma nota de 0 a 10. Também pode registrar as atividades dentro do próprio app e acumular pontos. Tem um feed da empresa em que pode postar os avanços alcançados e, por fim, os desafios e a academia virtual.

O sucesso da plataforma já começa a levá-la para o exterior. A internacionalização teve início pela Colômbia.

“Durante a pandemia, a questão da saúde ficou mais importante dentro das empresas. Cresceu muito a nossa base entre empresas de menor porte. O home office nos deu uma eficiência operacional, permitindo a internacionalização que está começando pela Colômbia através da indicação de um usuário colombiano que trabalhava no Brasil. Não foi preciso viajar para fechar a negociação. Nosso principal foco, porém, continua sendo o Brasil”, garante o empresário.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!