COTAÇÃO DE 20/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8730

VENDA: R$4,8740

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,9500

VENDA: R$5,0570

EURO

COMPRA: R$5,1492

VENDA: R$5,1504

OURO NY

U$1.846,53

OURO BM&F (g)

R$288,58 (g)

BOVESPA

+1,39

POUPANÇA

0,6441%

OFERECIMENTO

Negócios

VLI cria banco de talentos exclusivo para mulheres

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação

O respeito e a promoção da equidade são compromissos assumidos pela VLI – companhia de soluções logísticas que opera terminais, ferrovias e portos -, que lança oficialmente um banco de talentos exclusivos para as mulheres. A plataforma objetiva incentivar o público feminino a se aproximar da esfera logística e da atividade ferroviária, tornando mais acessível o ingresso das mulheres na companhia. O banco de talentos já está sendo utilizado como base para um processo seletivo aberto pela companhia no Maranhão e servirá como ferramenta para preencher vagas exclusivas para mulheres que serão abertas a partir de 2022.

“A empresa desenvolve ações com o objetivo de construir um ambiente de trabalho mais diverso e igualitário. A introdução do banco como ferramenta de captação de mulheres prevê a geração de equidade e a formação de profissionais para atuarem em níveis operacionais, administrativos e de gestão”, afirma supervisora de Atração e Seleção da VLI, Kenya Consceição.

PUBLICIDADE




O banco de talentos exclusivo é revisado de forma contínua e se tornará a fonte primária para o processo de busca por profissionais. As responsabilidades e os requisitos serão avaliados de acordo com cada função. “É importante destacar que serão considerados aspectos de habilidades e competência das mulheres, não apenas o grau de formação ou demais certificações”, complementa a especialista na seleção de profissionais.

O respeito e a promoção da diversidade e da inclusão já integram a cultura da companhia. Em 2020, a VLI tornou-se signatária do compromisso “Equidade é Prioridade”, uma iniciativa da ONU, estabelecendo uma meta mínima de 30% de mulheres em posições de liderança – a partir de gerentes ou cargos equivalentes – até 2025.

A empresa possui uma série de ações em curso para alcançar seus objetivos nesta esfera. Uma delas é o preenchimento interno de oportunidades para elevar a presença feminina em cargos de liderança. Para o próximo ano, a companhia já espera um percentual de público feminino em cargos de gerência, gerência-geral e diretoria quatro pontos percentuais superior ao registrado em 2021. Além disso, de 2017 a 2020, a participação de mulheres no total de contratações anuais passou de 17% para 31%.

Na VLI, a cultura de diversidade e inclusão já se mostra desde os programas de porta de entrada, como estágio e trainees. Em 2020, por exemplo, foi feito a seleção do Programa de Trainee mais diversa de todas as edições realizadas até então, com o ingresso de 54% de pessoas negras e 55% de mulheres. O processo de recrutamento foi alterado para que valores e atributos, como empatia, resiliência e colaboração, fossem considerados, assim como as histórias de vida, para além da capacidade técnica e formação acadêmica.

PUBLICIDADE




Para concorrer a uma vaga na VLI é preciso ter o ensino médio completo. As vagas exclusivas para mulheres incluem níveis operacionais, administrativos e de gestão, e serão abertas, gradualmente, nas praças onde a companhia atua.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!