Crédito: Reprodução

ROBERTO ROSENBAUM*

Hoje em dia, e cada vez mais, haverá diversas tribos atuando na sua empresa. Tribos estas com suas crenças, sua ética, seus valores e suas verdades.

Estou me referindo às diversas gerações que estão povoando a sua empresa que genericamente podemos enumerá-las em quatro: a Geração Baby Boomers, Gerção X, Geração Y e Geração Z. Mas há aqueles que ainda enxergam a Geração Silenciosa, os Millenials e a Geração Alfa.

São pessoas que nasceram em datas diferentes, em momentos marcantes do planeta diferentes, e com códigos de condutas diferentes. No entanto, com o desenvolvimento tecnológico e as alterações do padrão de comportamento, criaram-se alguns marcos temporais que facilita a identificação e a caracterização dos elementos em cada Geração, como se fosse tribos diferentes – é tudo índio, mas são de tribos diferentes.

E por que não podemos classificar pessoas por idade? Se classificamos cafés, laranjas, queijos e vinhos, é claro que podemos classificar as pessoas por idade. Pode haver pessoas que está na Geração X, mas com muitas características da Geração Y, mas no geral, esta classificação é adequada para estudos e conclusões.

Então vamos lá, em qual tribo você se encaixa? Você é da Geração BB, Geração X ou Y?

Como falado, tem cada vez mais grupos de pessoas trabalhando nas empresas de duas, três ou até quatro gerações e, isso muitas vezes traz discórdias, problemas de comunicação, incompreensões, indisciplinas e boicotes, deixando os líderes de cabelos em pé e, um uma fonte de problemas para as áreas de RH. Isso se denomina Conflitos Geracionais e está ocorrendo com muita frequência não só nas empresas de médio e grande porte, mas também em empresas pequenas.

Há que se fazer um diagnóstico com os líderes da empresa e tomar uma atitude de harmonizar os ânimos dos elementos das gerações diferentes. Ou seja, tem que fazer um trabalho de conscientização dos funcionários sobre as qualidades, defeitos e carências de elementos de todas as gerações, afim de que eles tenham uma completa visão de que eles são importantes para a empresa, assim como as pessoas que são mais jovens ou mais velhas, as outras tribos.

E não adianta pensar em eliminar pessoas mais velhas ou mais jovens para solucionar este problema porque está provado que um mix de elementos de várias gerações é de suma importância para as organizações, sejam elas empresariais ou governamentais, que desejam sobreviver com tantas inovações, já que pessoas de várias gerações têm aptidões, conhecimentos, experiências e visões complementares, essenciais para o seu desenvolvimento.

É perfeitamente factível atuar nesta questão com efetividade e rapidez, promovendo um ambiente inclusivo e respeitoso onde todos enxerguem o valor de cada um.

Em nossas intervenções, isso se traduz em uma maior produtividade, na rápida queda de turnover da Geração Z e em um ambiente amistoso e compreensivo para todos.

*Diretor da Consen