COTAÇÃO DE 25/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8200

VENDA: R$4,8210

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8900

VENDA: R$5,0160

EURO

COMPRA: R$5,1520

VENDA: R$5,1546

OURO NY

U$1.853,68

OURO BM&F (g)

R$287,13 (g)

BOVESPA

-0,98

POUPANÇA

0,6724%

OFERECIMENTO

Opinião

Nova polarização antidemocrática

COMPARTILHE

Crédito: Juca Varella/Agência Brasil

Tilden Santiago *

-“Não coloqueis a vossa fé nos que mandam: não há homem que possa salvar. Ao faltar-lhe o respiro, ele volta para a terra, de onde saiu. Nesse dia, seus planos perecem”. O salmo 145 (146), com sabor de livro sapiencial, me consolou, quando Tancredo Neves parou de respirar. E continua a ser meu guia interior, na busca angustiada de uma nova caminhada política, no Brasil de hoje, tendo como foco o povo brasileiro, no sentido que dava a essa bela expressão, o saudoso amigo Darcy Ribeiro.

PUBLICIDADE




A conjuntura de nosso País ganha novo desenho, após o gesto ousado e polêmico do STF e a subsequente soltura de políticos, empresários e outros corruptos aprisionados pela Lava Jato com destaque para o líder popular e ex-presidente Lula, com quem esse escriba conviveu 28 anos, tendo feito dele embaixador em Cuba. Na trincheira oposta, está o capitão Bolsonaro, com quem convivi 12 anos no Congresso Nacional como deputado.

Duas interrogações: Caminhamos para um aperfeiçoamento da democracia na República? Ou continuaremos a derrapar na crise, cíclica e profunda, de um capitalismo nacional, que teima em prolongar o desemprego, a desigualdade, a miséria, a quebra da liberdade, a corrupção, o Estado justiceiro, os massacres nos presídios, a violência nas periferias e no campo, a escassez de robustos investimentos para o desenvolvimento da economia e o bem-estar de nosso povo?

Aliás, o problema real e mais grave é a própria aceitação de uma nova bipolarização, de um país que muito perdeu, por quase 20 anos, com a briga polarizada entre tucanos e petistas. Agora estamos diante de uma bipolarização mais complexa: não vejo chances de avançar o Brasil através de uma luta encarniçada entre bolsonaristas e petistas, entre bolsonarismo e petismo, entre Bolsonaro e Lula. A construção democrática não passa por essa nova bipolaridade. É patriótico superá-la e fazer vingar os valores da diversidade política e de pensamento.

Saudades de Tancredo, com todos os seus limites históricos, humanos e políticos, mas sem nos esquecermos de suas virtudes cívicas, também históricas! Na crise que enfrentamos, faz falta um líder verdadeiro, que seja capaz de ouvir todos os brasileiros e de ser ouvido por todos. Quem dera admirado?! Aliás, foi o que aconteceu com o político mineiro de São João del-Rei, que resistiu, a seu modo, à ditadura, e emergiu como Ulysses Guimarães e outros, após a Anistia, como verdadeiros estadistas, com os olhos na democracia e no povo brasileiro.

PUBLICIDADE




Mas antes de sonhar com uma terceira via, valorizando a diversidade da sociedade, do pensamento e da política, cumpre frear a implantação de uma nova ditadura dos amantes da tortura e do AI-5, e enfrentar com coragem cívica, o risco de um retrocesso no qual investem com postura antidemocrática, um bom número de concidadãos, os que elegeram Jair Bolsonaro. E como ficam os partidos  da velha política nessa encruzilhada histórica que estamos atravessando?

Comecei com um salmo sapiencial e termino com Isaías – o profeta-evangelista, já que os profetas souberam, mais que os reis, sacerdotes, juízes e patriarcas, indicar o caminho correto na espiritualidade, na política e na sociedade, rumo ao universalismo, à solidariedade internacional, ao humanismo integral, gerador do Reino dos Céus, que começa na terra, dentro de cada um de nós: “Como são belos e bem-vindos, indo pelos montes, os pés do mensageiro, que anuncia e pratica as boas-novas, que proclama e constrói a paz, que anuncia e prepara a libertação e que diz a Jerusalém: o teu Deus reina”.

*Jornalista, embaixador e sacerdote anglicano

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!