COTAÇÃO DE 03/03/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6633

VENDA: R$5,6643

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6670

VENDA: R$5,8200

EURO

COMPRA: R$6,9216

VENDA: R$6,9235

OURO NY

U$1.714,78

OURO BM&F (g)

R$316,24 (g)

BOVESPA

-0,32

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Opinião Opinião-destaque

O monitoramento do Covid-19 em esgotos

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Fatianne Batista Santos*

Baseado em estudos recentes realizados em vários países, sobre a presença no novo coronavírus (Covid-19) em amostras de esgoto, com identificação taxonômica de Sars-CoV-2 (do inglês Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2), ou Síndrome Respiratória Aguda Grave do Coronavírus 2, o monitoramento do esgoto pode possibilitar a suposição do número de pessoas infectadas pelo vírus em áreas urbanas específicas ao longo do tempo.

PUBLICIDADE

Trata-se de um projeto extremamente importante, uma vez que permite chegar a um mapa epidemiológico por meio do esgoto nas bacias sanitárias, para que, a partir daí, sejam propostas ações de saúde pública mais efetivas.

A partir do referido estudo, os órgãos ambientais de Minas Gerais lançaram em abril o projeto-piloto que monitora o Covid-19 em esgotos.

Participam da iniciativa, o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), a Agência Nacional de Águas (ANA), a Secretária de Saúde do Estado de Minas Gerais, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em ETEs Sustentáveis (INCT ETEs), sediado e coordenado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

A atuação desses órgãos no projeto consiste na definição dos pontos que serão monitorados, na avaliação de dados e na integração das informações geradas com dados mais amplos, elaborados pelo Igam, no que tange à qualidade da água.

O projeto tem como objetivo realizar o mapeamento das concentrações do novo coronavírus nas regiões de estudo, auxiliar as autoridades da área da saúde a correlacionar os dados com os do Sistema Único de Saúde (SUS), além de definir as ações relacionadas ao fortalecimento ou abrandamento das orientações de isolamento social e verificar a possibilidade da transmissão do vírus via fecal-oral.

A iniciativa do projeto partiu da assinatura de Termo de Execução Descentralizada (TED), firmado entre ANA e UFMG. O objetivo é mapear a ocorrência do coronavírus no esgoto em diferentes pontos das bacias sanitárias de Belo Horizonte e de Contagem (MG) e sub-bacias dos ribeirões Arrudas e Onça.

O projeto será realizado em quatro etapas, sendo elas:  identificação; coleta, preservação e transporte das amostras de esgoto; processamento e realização de avaliações laboratoriais para posterior divulgação dos resultados, boletins, painel dinâmico e demais protocolos.

A pesquisa, que deve durar dez meses, pretende entender como o esgoto pode trazer informações sobre a proliferação do Covid-19 em comunidades específicas.

Desde o início de abril os pesquisadores do INCT ETEs Sustentáveis trabalham na definição do escopo do projeto para monitoramento dos esgotos. Com sua estruturação, a ANA e o Igam se juntaram à iniciativa.

O monitoramento dos esgotos possibilitará a criação de um sistema de avisos que poderá antecipar medidas sanitárias e auxiliar no diagnóstico regionalizado em populações assintomáticas de infecções, já que indícios mostraram que as pessoas excretam o vírus antes mesmo de apresentar sintomas.

Além disso, demais medidas serão estudadas durante a realização do projeto. Com a validação do projeto, será possível replicá-lo em outras regiões brasileiras e torná-lo uma importante ferramenta de combate à pandemia, bem como poderá auxiliar no entendimento da circulação do coronavírus nas regiões investigadas, fornecendo subsídios para que os órgãos de saúde possam mitigar a redução dos níveis de transmissão da doença.

*Advogada da área Ambiental do escritório Andrade Silva Advogados

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente