COTAÇÃO DE 19/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5930

VENDA: R$5,5940

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,7770

EURO

COMPRA: R$6,4569

VENDA: R$6,4588

OURO NY

U$1.768,97

OURO BM&F (g)

R$315,96 (g)

BOVESPA

-3,28

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

exclusivo Opinião

Por uma educação pública de qualidade

COMPARTILHE

Por uma educação pública de qualidade
Crédito: Divulgação

Sebastião Alvino Colomarte*

Os desafios da educação brasileira são muitos e a desigualdade social nesse setor é cada vez maior. Promessas de melhoria de qualidade encabeçam as propostas de candidatos a governos, mas nada de concreto ocorreu até hoje. De acordo com Priscila Cruz, presidente do movimento “Todos pela Educação”, não existe a menor possibilidade de o Brasil crescer e se desenvolver se não resolver a questão da educação pública.

PUBLICIDADE

Outros especialistas em educação, como o professor Cláudio Moura e Castro, têm abordado exaustivamente o tema, alertando os governos do baixo nível da educação pública. Por outro lado, a Constituição Federal e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) estabelecem as responsabilidades dos governos federal, estaduais e municipais quanto ao papel de cada ente público.

A Constituição Federal, em seu artigo 206, item VI, garante o ensino de qualidade para todos. Como oferecer e garantir a qualidade na educação? Essa questão não fica clara e vem gerando muitas dúvidas. No Estado de Minas Gerais, por exemplo, segundo consta, a Secretaria da Educação é responsável pelo Ensino Médio, cabendo à Secretaria de Ciências e Tecnologia cuidar da educação superior, do ensino técnico e profissionalizante. Mas o que ocorre na realidade é que muitos municípios, que teriam que direcionar seus recursos para a educação básica, são levados a atender o ensino médio, sob pena de terem seus jovens alijados das escolas, já que faltam vagas.

E se o município tivesse sob sua responsabilidade a gestão administrativa, financeira e pedagógica das escolas, assim como já ocorre, em maior escala com o ensino infantil? Acredito que no médio e longo prazos a qualidade da educação possa apresentar melhoria, uma vez que esses recursos, com uma fiscalização competente, seriam canalizados para atender a demanda e os anseios da população local.

As mudanças do mundo contemporâneo são velozes e exigem cada vez mais preparo e qualificação dos jovens. Mas o que a sociedade vem constatando, ano após ano, é a mesma cena: o governo não consegue atender a demanda crescente da população por uma educação de qualidade e faltam vagas, principalmente naquelas escolas tidas como de excelência. Neste ano, por exemplo, vimos longas filas de pais para conseguir matricular seus filhos.

Assim como nos tornamos intolerantes com relação à inflação alta e a corrupção, temos de ser intolerantes também com a baixa qualidade da educação no Brasil. Existem algumas ilhas, como escolas particulares e algumas universidades públicas, que oferecem um ensino de qualidade, mas a grande maioria fica alijada desse processo.

Os pais enfrentam dificuldades para matricular seus filhos e são tratados como coitados. Eu também já passei por isso, correndo para tudo quanto é lado sem conseguir matricular meus filhos. A falta de uma educação pública de qualidade, e inclusiva aumenta a desigualdade entre o ensino público e privado, já que o modelo atual não atende às necessidades desses estudantes.

Haverá eleições municipais neste ano e, daqui a dois anos, eleições para presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais. Por isso, esse é o momento de cobrarmos compromissos de mudanças, fazendo pressão sobre os atuais e futuros governantes e parlamentares. Com empenho de todos, considero plausível reverter o quadro caótico do ensino público de hoje. A educação neste país não pode, e nem merece, ser tratada como um investimento supérfluo e sem retorno.

*Professor e diretor-presidente do Centro de Integração Empresa-Escola de Minas Gerais (CIEE/MG)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!