COTAÇÃO DE 29/11/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6090

VENDA: R$5,6100

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6470

VENDA: R$5,7730

EURO

COMPRA: R$6,3216

VENDA: R$6,3229

OURO NY

U$1.783,43

OURO BM&F (g)

R$322,48 (g)

BOVESPA

+0,58

POUPANÇA

0,4412%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Agronegócio

Seapa lança plataforma para capacitar produtor rural

COMPARTILHE

Variedade de assuntos para produtores é ampla e supera mais de 50 arquivos para leitura e 50 videoaulas | Crédito: Ueslei Marcelino/Reuters

A Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) lançou a Plataforma de Ensino a Distância (EaD) Semear. A Plataforma Semear é considerada uma importante ferramenta para a capacitação e atualização de toda a cadeia produtiva do agronegócio de Minas Gerais.

Através dela, será possível acessar cursos, vídeos e diversos conteúdos técnicos e de pesquisas desenvolvidas pelas instituições vinculadas à Seapa. O lançamento ocorreu ontem durante o evento de comemoração dos 130 anos da secretaria.

PUBLICIDADE

A Plataforma Semear foi desenvolvida pela Seapa em conjunto com as empresas vinculadas Emater-MG, Epamig e IMA. A ferramenta será utilizada para preparar produtores rurais, empresários e agentes públicos municipais e estaduais. Através dela também serão ministrados cursos ao vivo, gravados e híbridos.

“Na plataforma teremos todas as informações que são geradas pelo sistema de agricultura, com vídeos produzidos pela Epamig, Emater, capacitações e treinamentos do IMA. Toda esta grande bagagem de produção de conteúdo que já é feita na Seapa estará concentrada em uma única plataforma, a Semear”, explicou a secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Valentini. 

As inscrições para os cursos técnicos, sobre inovação tecnológica e sobre políticas públicas, serão abertas no dia 3 de novembro. Segundo a Seapa, algumas capacitações disponíveis na plataforma serão gratuitas, com a possibilidade de certificação ao fim da formação. Outras serão pagas. A variedade de assuntos disponibilizados é ampla e supera mais de 50 arquivos para leitura e 50 videoaulas. 

Segundo os dados divulgados pela Seapa, todos os materiais da biblioteca e videoteca são de acesso livre para o público em geral sem necessidade de cadastro prévio. Há cartilhas, artigos, seminários, entrevistas e outras publicações, com temas que vão desde o controle de pragas e doenças nas plantações e rebanhos, passando por legislações específicas de cada cultivo ou cultura, até a organização de diferentes mercados e o planejamento da produção para consumo familiar, dentre outros.

A criação da plataforma é mais uma iniciativa da Seapa para auxiliar toda a cadeia produtiva do agronegócio de Minas, como vem sendo feito pelo órgão desde a sua criação, em 16 de outubro de 1891.

Durante o evento de lançamento da Semear e da comemoração dos 130 anos da Seapa, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, destacou a importância do agronegócio e da Seapa e vinculadas para o desenvolvimento do Estado.

“Em meus 30 anos rodando o Estado, pude ver em algumas regiões mais propícias à agricultura como as coisas aconteceram graças ao trabalho da Seapa e de todas as instituições e pessoas envolvidas. Vi cidades pequenas multiplicarem de tamanho em pouco tempo, gerando empregos, desenvolvimento e um melhor bem-estar para a população. E fico surpreso com o potencial que ainda temos. É muito gratificante presenciar este momento tão importante, que é a celebração desses 130 anos da Seapa”, disse.

Zema ressaltou ainda que o governo vem trabalhando para valorizar e estimular a produção, não somente em volume, mas também em qualidade. “Temos trabalhado muito para valorizar aquilo que Minas produz. Precisamos dos milhões de sacas de café e dos bilhões de litros de leite produzidos, mas precisamos também de qualidade e sustentabilidade. A qualidade associada à quantidade é o que transformará Minas, mais ainda, em um Estado de referência na produção agrícola”.

Homenagens

Durante o evento, foram prestadas várias homenagens às pessoas que contribuíram para a evolução do agronegócio em Minas, representantes do setor produtivo, funcionária da casa com maior tempo de serviço e também aos ex-secretários de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado. Entre os ex-secretários, destaca-se o ex-ministro Alysson Paolinelli, que é considerado responsável pela produção no Cerrado.

Alysson Paolinelli, que este ano foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz, ressaltou que Minas Gerais foi berço de inovações, tecnologias e serviços que permitiram a produção agrícola no Cerrado, sendo exemplo para todo o País e o mundo. 

“Nasceu daqui de Minas as experiências de uma administração integrada, que foi exemplo e modelo para o Brasil. Vejo o Brasil como uma grande solução para a segurança alimentar no mundo. Quero chamar a atenção para a importância de Minas para a agricultura. O Estado é uma síntese do Brasil, onde encontramos os seis biomas, que precisam ser protegidos, mas precisam também ser inteligentemente utilizados”.   

Ele destacou ainda que o Estado tem muito potencial na revolução agrícola que virá, com o uso de bioinsumos, considerados, hoje, como fundamentais para reduzir a dependência de produtos importados e o uso de químicos na produção. 

“Tenho a esperança de que o País revigore a busca de suas grandes oportunidades. A biotecnologia está batendo na nossa porta. Por sermos um país tropical, temos a única biologia estável do mundo, mais do que isso, esse grandioso continente é o maior repositório de toda a riqueza biológica do mundo. Precisamos olhar para a biotecnologia como a solução e a independência da agricultura brasileira das tradições do passado que nos prendem aos produtos químicos”, destacou Paolinelli.  

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!