COTAÇÃO DE

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6280

VENDA: R$5,6280

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6030

VENDA: R$5,7800

EURO

COMPRA: R$6,7254

VENDA: R$6,7278

OURO NY

U$1.763,38

OURO BM&F (g)

R$319,29 (g)

BOVESPA

+0,34

POUPANÇA

0,1590%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Lojista coloca o pé no freio na hora de contratar os temporários

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Breno Parato/Portal PBH

As contratações temporárias no fim do ano trazem oportunidades para quem procura vagas de trabalho e, segundo pesquisa divulgada ontem pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), as chances de começar 2019 com um novo emprego na Capital estão maiores.

Apesar de apenas 18,7% dos lojistas entrevistados afirmarem que vão reforçar suas equipes para o período do Natal neste ano, percentual 31% menor do que os 68,2% de 2017, a maioria deles (50,4%) declarou que existe grande possibilidade de efetivação dos funcionários temporários.

PUBLICIDADE

Entre os empresários que não pretendem contratar, 65,8% alegaram que o atual quadro de funcionários atende à demanda, enquanto 12,8% apontaram o cenário econômico ruim como motivo para não contratar funcionários temporários.

Na avaliação da economista da CDL/BH Ana Paula Bastos, apesar da leve melhora dos indicadores macroeconômicos em relação aos anos anteriores, a taxa de desemprego ainda se encontra em patamares elevados. Ela destacou que, contaminada pelo cenário político, a recuperação da economia não foi o suficiente para recuperar as perdas passadas e alavancar o consumo.

“O segundo trimestre foi complicado por causa da greve dos caminhoneiros, com crescimento da inflação. Houve um descontrole político e econômico e agora, com as definições após as eleições, a confiança dos empresários vai aumentar e a possibilidade de investimentos é maior, com tendência de queda na taxa de desemprego”, explicou.

De acordo com o levantamento, 46,1% dos empresários belo-horizontinos devem contratar entre dois e quatro funcionários neste ano. Ana Paula Bastos ressalta a oportunidade tanto para recolocação quanto inserção no mercado de trabalho. “É uma grande chance para as pessoas que estão dentro do mercado de trabalho conseguirem voltar à formalidade e também o momento para quem está fora do mercado serem inseridas novamente”, afirmou.

Redes – O contexto econômico e a perspectiva de menos contratações de funcionários extras para atender melhor a demanda do período levam as grandes redes a serem as principais contratantes. Os segmentos responsáveis por 62,8% das vagas nesse ano são os que têm aumento mais expressivo de movimento no fim de ano.

O setor de supermercados e produtos alimentícios deve contratar, em média, 4,7 empregados temporários e o segmento de tecidos, vestuários, armarinho e calçados, uma média de 4,2 empregados temporários.

Na tentativa de garantir um bom atendimento aos clientes no período das festas de fim de ano, 69,5% das vagas temporárias são para o cargo de vendedor, segundo dados da pesquisa. Em seguida, aparece a função de estoquista, com 8,4% e de caixa com 7,5%.

Dificuldades – Para 42,7% dos lojistas que pretendem contratar funcionários temporários, a falta de profissionalismo e responsabilidade dos funcionários é a maior dificuldade enfrentada no momento da contratação.

A falta de experiência dos candidatos (20,1%); falta de capacitação dos candidatos (17,4%); custos (4,3%) e o processo seletivo (0,8%) foram outros obstáculos citados pelos empresários ouvidos.

“As pessoas devem aproveitar essa contratação como uma chance de efetivação e por isso é preciso responsabilidade. A experiência no comércio pode ser adquirida com o tempo e a mão de obra mais capacitada também é valorizada”, disse Ana Paula Bastos.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!