Cotação de 03/08/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,1920

VENDA: R$5,1930

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1930

VENDA: R$5,3470

EURO

COMPRA: R$6,2205

VENDA: R$6,2217

OURO NY

U$1.810,36

OURO BM&F (g)

R$305,16 (g)

BOVESPA

+0,87

POUPANÇA

0,2446%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia zCapa
A duplicação da BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares, foi iniciada em 2013 e apenas dois lotes já foram concluídos - Crédito: Dnit/Divulgação

A BR-381 vai receber mais R$ 117 milhões em investimentos do governo federal em 2020. Ao anunciar o novo aporte por meio de um vídeo publicado no Twitter, o senador Carlos Viana (PSD) afirmou que o resultado ainda não é o que se gostaria, “mas, pelo menos, é uma boa resposta à nossa demanda em Minas Gerais”, disse. Ainda de acordo com o senador, foi necessária muita negociação para chegar até esse valor, já que o inicial era de R$ 104 milhões. “Muito pequeno”, frisou ele.

O coordenador do movimento Nova 381, iniciativa do segmento empresarial do Estado que visa a promover o desenvolvimento socioeconômico de Minas Gerais a partir da nova BR-381, Luciano Araújo, segue a mesma linha do senador Carlos Viana. Ele reconhece que o valor já “ajuda bastante”, mas que pode ser insuficiente para o que precisa ser feito. O ideal seriam mais cerca de R$ 100 milhões, diz ele, que poderiam vir de emenda de bancada.

PUBLICIDADE

“As expectativas são de que até maio do ano que vem os lotes 7 e 3.1 sejam concluídos. Esses dois lotes correspondem a algo em torno de 60km duplicados entre as cidades de Belo Horizonte e Governador Valadares. É um trecho perigoso, com muita curva, então a melhoria é muito importante”, afirma ele.

Passado e futuro – Luciano Araújo lembra que a BR-381 já está em obras desde o ano de 2013. Porém, ao longo desse processo, houve diversos percalços e também avanços, como a conclusão dos lotes 3.2 e 3.3, em 2015.

Agora, a ideia é que a conclusão dos lotes 7 e 3.1 termine ainda no primeiro semestre de 2020 para que, então, a rodovia seja leiloada. De acordo com Luciano Araújo, a duplicação do trecho antes da concessão pode contribuir para a redução do custo do pedágio, atraindo, assim, investimentos para a região.

“Com a duplicação da BR-381, nosso grande objetivo é fazer com que o Leste de Minas seja o novo vetor de crescimento do Estado. Ao duplicar a rodovia, pode haver mais atração de investimentos e mais desenvolvimento da região”, ressalta ele.

Posicionamento – Ainda no vídeo publicado pelo senador Carlos Viana no Twitter, ele afirma que continuará havendo um trabalho em favor de mais investimentos na rodovia.

“Saibam que, no ano que vem, estaremos atentos aqui em Brasília, mais uma vez, para que qualquer oportunidade que surja nós aumentemos o valor para a duplicação da 381”, destacou.

“Essa discussão, essa dificuldade aqui, reafirma a minha convicção e o que eu tenho defendido junto a vocês: a concessão é o caminho mais rápido para que a gente possa ter uma 381 segura, duplicada e que ajude a escoar a produção e às famílias não chorarem tantas mortes e tantos feridos”, concluiu.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!