Crédito: Divulgação

A Anglo American e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), por meio do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), firmaram convênio para início das obras da alça viária do bairro Machadinho, no município do Serro. Os investimentos da mineradora serão de R$ 36 milhões.

Segundo a companhia, a intervenção atende a uma antiga demanda da população local, o novo trecho irá desviar o tráfego que hoje passa pelo bairro, que conecta a MG-010 ao anel viário do Serro.

A construção da alça viária tem conclusão prevista para até o fim de 2021. Com a assinatura do convênio, serão iniciados os processos preparatórios, que antecedem o efetivo início das obras, previsto para início do próximo ano.

“A construção da alça viária do Machadinho vai trazer mais qualidade de vida para a população do bairro, ao mesmo tempo em que contribui para a melhoria da infraestrutura da região. Esse investimento está totalmente alinhado ao nosso propósito de reimaginar a mineração para melhorar a vida das pessoas. Esse trabalho é fruto de uma parceria e do diálogo aberto junto às comunidades e ao poder público local”, ressalta o diretor de Assuntos Corporativos da Anglo American, Ivan Simões,.

Convênios – De acordo com a companhia, desde a implantação do Minas-Rio, a Anglo American já investiu R$ 67 milhões no Serro, incluindo a construção do Anel Rodoviário da cidade, com aportes de R$ 47 milhões, além da recuperação e pavimentação de ruas, reforma do quartel da Polícia Militar do município, entre outras obras.

Em 2020 foi firmado novo protocolo de intenções entre a Anglo American e o município, com investimentos adicional de R$ 7 milhões.

Em outubro de 2019, a mineradora também firmou convênio com o governo de Minas Gerais para a pavimentação de um trecho de 27,8 quilômetros da MG-010 entre Conceição do Mato Dentro e Serro, uma antiga demanda dos moradores. Esses investimentos totalizam R$ 55 milhões, sendo R$ 40 milhões provenientes da empresa e R$ 15 milhões do Estado.