DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2090

VENDA: R$5,2100

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1800

VENDA: R$5,3600

EURO

COMPRA: R$6,0756

VENDA: R$6,0768

OURO NY

U$1.813,62

OURO BM&F (g)

R$300,00 (g)

BOVESPA

-3,08

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Empresa desenvolve plataforma para otimizar negociação de precatórios no Brasil

COMPARTILHE

Rodrigues: Mercatório busca os dados que estão dispersos em várias fontes - Foto: Divulgação

A possibilidade recente de pagar dívidas tributárias com precatórios, ordens de pagamento emitidas pelo Judiciário para a quitação de débitos do Estado decorrentes de uma condenação judicial definitiva, tem levado empresários e investidores a acompanharem a evolução desse mercado bilionário, estimado em mais de R$ 160 bilhões. E a utilização da tecnologia nesse processo tem aumentado o número de negociações, já que a plataforma criada pela Mercatório oferece soluções em todas as fases, de pesquisa a negociação, de análise do processo até a conexão e a transferência de valores.

Com o objetivo de mudar a forma como as pessoas observam e negociam no mercado de precatórios, foi criada por quatro jovens empreendedores a Mercatório. A startup/fintech desenvolveu uma plataforma exclusiva que busca, no mercado e nos tribunais de Justiça, informações para os credores e soluções tecnológicas para os compradores. “Iniciamos nossa trajetória este ano com um grande desafio: ser uma nova solução para o mercado de precatórios”, explica o diretor operacional da Mercatório, Breno Rodrigues.

PUBLICIDADE

Segundo Rodrigues, como o mercado de precatórios ainda é um desconhecido para grande parte do público, as várias oportunidades de negócios não são concluídas por falta de informação e de confiança entre as partes. A expectativa da Mercatório é que, trazendo tecnologia para esse mercado, um maior número de negociações aconteça, já que a plataforma criada pela empresa oferece soluções em todas as fases, da pesquisa à negociação, de análise do processo até a conexão e a transferência de valores.

“A Mercatório busca os dados que estão dispersos em várias fontes e agrupa as informações facilitando a tomada de decisão do comprador. Verificamos que faltava informação para todas as partes e fases envolvidas no negócio. Os compradores tinham que lidar com sites de tribunais instáveis e que, às vezes, não traziam todas as informações necessárias para a concretização do negócio. Já os credores que vendiam os precatórios não sabiam onde encontrar as informações sobre seu processo nem como atualizar o valor do crédito”, complementa Rodrigues.

Para utilizar a plataforma da Mercatório, os clientes pagam mensalidade e o valor é de acordo com o porte e número de usuários. A plataforma é customizada de acordo com o perfil e necessidade do cliente. Os interessados podem testar a ferramenta por três meses e customizá-la ao final do período. Depois de um ano de mercado, a empresa já atende clientes de grande porte com contratos de confidencialidade e tem expectativa de crescer 250% no segundo ano de operações, ultrapassando R$ 1 milhão no faturamento.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!