Quatro andares em uma estrutura de 1,5 mil metros quadrados, mais de 20 especialidades médicas, laboratório completo, exames de imagem e a possibilidade de realizar consultas e exames em um só lugar separam a EspecialMed das demais clínicas populares de Belo Horizonte, que se proliferaram com a crise econômica dos últimos quatro anos. Inaugurado em abril de 2017, o estabelecimento está se tornando uma referência, especialmente para o atendimento a mulheres com média de idade de 45 anos, residentes não apenas na Capital e Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), como também vindas de cidades do interior do Estado.

A EspecialMed encontra-se entre as avenidas Amazonas e Augusto de Lima, no centro de Belo Horizonte e consumiu cerca de R$ 4 milhões em investimentos. A clínica oferece exames de imagem como eletrocardiograma, ecocardiograma, raio x, mamografia, teste ergométrico, holter 24 horas, ultrassonografia, entre outros, por valores a partir de R$ 49,50. As consultas custam de R$ 55 a R$ 135.

A fachada, toda em verde-claro, é simples, mas se torna muito evidente à noite, com uma iluminação especial. O propósito de fazê-la despretensiosa é para atrair os clientes, pessoas interessadas em consultas e exames humanizados, de qualidade e com preço justo. Atrair o público para a primeira consulta é um dos desafios apontados pelo engenheiro civil, idealizador e um dos sócios administradores da EspecialMed, Rodrigo Azevedo Lage. E as primeiras respostas começaram a surgir por meio de ações de pré-agendamentos, realizadas antes mesmo da clínica ser aberta. Só nos primeiros 20 dias de funcionamento, 180 atendimentos foram resultantes desta iniciativa.

Hoje, já são mais de 2 mil atendimentos particulares por mês. Atualmente, os atendentes respondem a, aproximadamente, 700 ligações telefônicas por dia. Além da facilidade de agendamento pelo telefone (31) 3546-6767 e (31) 9-9298-5348 (WhatsApp), os clientes têm acesso a conteúdos de promoção da saúde pelo site e blog especialmed.com e pelas redes sociais. Em dezembro próximo, consultas e exames poderão ser marcados através de um aplicativo.

Humanização – Atendidos por médicos experientes – que também atuam em hospitais de ponta como Madre Teresa, Mater Dei, Vera Cruz, Felício Rocho -, os pacientes que chegam à Especial Med vão se surpreendendo positivamente com a clínica à medida que passam da porta de entrada. Toda trajetória foi cuidadosamente pensada para humanizar a experiência dentro da clínica. Os impactos positivos vão desde o cuidado com a sinalização – feita no chão, por meio de linhas de várias cores, indicativas de direção – até nas luzes mais quentes (amareladas), que fazem o paciente se sentir mais confortável, lembrando o ambiente de casa.

A estrutura de acabamento da entrada, por exemplo, é mais simples, com piso de cerâmica e cadeiras comuns, para não inibir os que buscam uma clínica popular. Mas, a medida em que a pessoa avança para outros setores, como atendimento, caixa, laboratório e consultórios, se surpreende. Não apenas com o acolhimento da equipe, mas com a amplitude dos ambientes e passa a perceber o chão de granito, os acabamentos em aço inox e o ar-condicionado. Dessa forma tem-se a sensação de expectativa superada, ou seja, de que o investimento valeu a pena.

Na recepção dos consultórios, uma placa encoraja os pacientes a procurarem a diretoria da clínica caso o tempo de espera ultrapasse 30 minutos. “Para este tipo de negócio é preciso se colocar no lugar do cliente. O problema dele é o nosso problema. Por isso entendemos que se existe alguma reclamação, ela tem que ser averiguada”, esclarece Lage. O tempo de consulta é de acordo com o necessário. Nem mais, nem menos do que o paciente precisa.

“É possível um ótimo atendimento em 15 minutos. Pode parecer pouco, mas com um médico eficiente, uma consulta pode ser objetiva e, ao mesmo tempo, de qualidade. Claro que situações graves requerem consultas mais demoradas”, completa.

Modelo – O contato de Rodrigo Lage com a área médica se deu por meio de trabalhos realizados em construção, reformas e manutenções de empreendimentos médicos. A proximidade com este segmento o levou a perceber que a gestão da saúde poderia ser melhor organizada e conduzida de forma a gerar resultados mais satisfatórios para o público final. Assim, ao ser pensada como modelo de negócio, a Especialmed oferece aos médicos a possibilidade de serem sócios da clínica e receberem por sua cota de trabalho. Embora compartilhem o lucro, o corpo clínico não possui responsabilidade civil sobre o negócio.

Atualmente o corpo clínico é formado por mais de 40 médicos e a expectativa é de que este número alcance, em breve, 200.

As 2 mil consultas mensais são feitas mediante pagamento direto. Somente agora é que a clínica vai começar a ter atendimento via plano de saúde. Um contrato está sendo firmado com a Amil para início de atendimentos, o que deve ocorrer até o final de 2018. Outras parcerias estão sendo feitas com empresas para atendimentos e prevenção à saúde de funcionários. Para um futuro próximo, provavelmente em 2019, a Especialmed deverá se tornar uma franquia, mas antes quer tornar o modelo mais robusto e consolidado.