COTAÇÃO DE 19/01/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5600

VENDA: R$5,5600

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5770

VENDA: R$5,7130

EURO

COMPRA: R$6,2610

VENDA: R$6,2639

OURO NY

U$1.814,31

OURO BM&F (g)

R$322,84 (g)

BOVESPA

+0,28

POUPANÇA

0,6310%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Fábrica de cervejas em Uberaba terá aporte maior

COMPARTILHE

" "
A projeção inicial é de que a unidade fabril do grupo no Triângulo Mineiro comece as operações em abril do ano que vem - CRÉDITO: DIVULGAÇÃO

Tamanho o potencial do Triângulo Mineiro e do Estado para abrigar uma unidade fabril do Grupo Petrópolis, dono das marcas Itaipava, Crystal, Lokal Bier, Black Princess, Petra e Weltenburger Kloster, que a empresa decidiu ampliar os investimentos antes mesmo do início das operações. Com as obras avançadas, a fábrica que está sendo instalada em Uberaba vai dobrar a capacidade produtiva, que agora passa para 9 milhões de hectolitros de cerveja por ano.

Inicialmente estimados em R$ 800 milhões, os investimentos agora chegarão ao patamar de R$ 1,1 bilhão. “Estes recursos serão investidos apenas na fase de construção da fábrica. Além disso, teremos a geração de 2.400 empregos diretos e indiretos”, anunciou o prefeito da cidade, Paulo Piau.

PUBLICIDADE




“O anúncio da fábrica do Grupo Petrópolis em Minas Gerais foi tão bem aceito no Estado, superando as nossas expectativas, que já eram bastante otimistas”, complementou o diretor de Controladoria da empresa, Marcelo de Sá, em encontro da diretoria com o governo de Minas Gerais.

Com isso, a fábrica de Minas Gerais passa a ser a maior de todas as unidades do grupo no País. Ao todo, serão 600 empregos diretos e linhas capacitadas para produzir 256 mil latas por hora e 120 mil garrafas por hora. “Dobrando a capacidade produtiva e consequentemente a produção, dobra também nossa arrecadação”, comemorou Piau.

Ainda segundo a empresa, questões como qualidade e abundância da água, fornecimento de energia elétrica de alta tensão e logística rodoviária foram pontos primordiais para a instalação da cervejaria na região.

“Outro ponto importante que justifica uma cervejaria no Estado é a questão logística, por conta do barateamento do frete, e fiscal e tributária, visto que o produto ficará mais competitivo por conta de menores taxas de impostos interestaduais”, disse a empresa. Atualmente, a cerveja vendida em Minas Gerais é produzida pelas unidades de Boituva (SP) e Petrópolis e Teresópolis (RJ).




A unidade – Conforme já publicado pelo DIÁRIO DO COMÉRCIO, trata-se do maior investimento recebido por Uberaba nos últimos 40 anos, desde a instalação da Fosfértil, adquirida pela Vale em 2010.

De acordo com protocolo de intenções assinado com o município em abril, a empresa vai se instalar em um terreno de 1 milhão de metros quadrados e a previsão é de que a fábrica entre em operação em abril do ano que vem.

“Demos agilidade em todo o processo, assim como o governo do Estado, e isso fez toda a diferença na escolha do Grupo Petrópolis pelo local aonde investir”, revelou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Uberaba, José Renato Gomes, na época do anúncio.

Fundado na cidade de Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, o Grupo Petrópolis é a maior empresa com capital 100% nacional do setor. Produz cervejas, bebidas alcoólicas e não alcoólicas. Com sete fábricas em operação, o grupo é responsável pela geração de aproximadamente 26 mil empregos diretos. Atualmente, a empresa está presente em quase todo o território nacional, com as unidades em Petrópolis (RJ), Teresópolis (RJ), Boituva (SP), Bragança Paulista (SP), Rondonópolis (MT), Alagoinhas (BA) e Itapissuma (PE) e centros de distribuição.

A empresa fabrica ainda os energéticos TNT Energy Drink e Magneto, o isotônico Ironage, as vodkas Blue Spirit Ice e Nordka e a água Petra.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!