COTAÇÃO DE 27/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,7380

VENDA: R$4,7380

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8300

VENDA: R$4,9460

EURO

COMPRA: R$5,0781

VENDA: R$5,0797

OURO NY

U$1.853,86

OURO BM&F (g)

R$284,80 (g)

BOVESPA

+0,05

POUPANÇA

0,6462%

OFERECIMENTO

Economia

Governo de Minas prorroga onda roxa até 11 de abril

Decisão do Governo de Minas foi anunciada nesta quarta-feira (31/3) pelo Comitê Extraordinário Covid-19 e começa a valer a partir do dia 5

COMPARTILHE

Governador de Minas, Romeu Zema, usa máscara e de blusa roxa
Crédito: Gil Leonardi/Imprensa MG

O governo de Minas Gerais prorrogou a onda roxa até 11 de abril em 13 das 14 macrorregiões de saúde. Somente a macrorregião do Triângulo do Norte poderá avançar para a onda vermelha, após 30 dias na onda roxa do Minas Consciente, programa do governo Estadual para controle da pandemia de Covid-19. A região, que foi a primeira a ser inserida na fase mais restritiva do plano, apresentou melhora em todos os indicadores relacionados à Covid-19.

A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (31/3), pelo Comitê Extraordinário Covid-19 e passa a valer a partir do dia 5 de abril.

PUBLICIDADE




De acordo com nota enviada pelo governo de Minas Gerais, as demais localidades ainda não apresentaram queda sustentada na taxa de óbitos e de ocupação em leitos de UTI e, por isso, deverão seguir as medidas mais restritivas pelo menos até 11 de abril. As medidas serão reavaliadas a cada sete dias pelo Comitê.

Durante a reunião, o governador Romeu Zema destacou que o momento ainda é difícil e pede cautela para preservar vidas.

“Tivemos mais uma semana de recorde, tanto no Brasil quanto em Minas. Infelizmente, os números de óbitos e a taxa de ocupação de leitos está subindo na maior parte das regiões. Seguimos com os esforços para ampliar leitos, apesar da falta de recursos, principalmente humanos, e, mais recentemente, de insumos. Contamos com o apoio da população para superarmos essa fase o quanto antes”,

afirmou Romeu Zema (Novo).

A macrorregião é composta por 27 municípios, incluindo Uberlândia, Cachoeira Dourada, Araguari, Canápolis, Coromandel, Ituiutaba, Monte Carmelo, Patrocínio, entre outros. 

A microrregião de Patos de Minas, que pertence à macrorregião Noroeste, uma das primeiras a ser incluída na onda roxa, também respondeu positivamente, podendo evoluir, agora, para a onda vermelha.

Números da Covid-19, segundo governo de Minas

PUBLICIDADE




De acordo com as informações do governo de Minas, na última semana, o Estado apresentou aumento de 6,9% no número de casos de Covid-19 e de 8,1% nos óbitos.

A incidência da doença cresceu 20% nos últimos 7 dias e 41% em 14 dias. A positividade atualmente é de 43%, o que significa que esse é o percentual de resultados positivos para Covid-19 entre pacientes com sintomas gripais.

A incidência da doença também vem aumentando em cidades com menos de 30 mil habitantes. Atualmente, são apenas 93 municípios desse porte com menos de 50 casos a cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Na última semana, o número era de 141.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!