COTAÇÃO DE 16 A 18/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4540

VENDA: R$5,4540

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4700

VENDA: R$5,6130

EURO

COMPRA: R$6,3181

VENDA: R$6,3210

OURO NY

U$1.767,23

OURO BM&F (g)

R$309,68 (g)

BOVESPA

+1,29

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Grupo Martins é escolhido pela 6ª vez o melhor atacadista do País

COMPARTILHE

Créditos: Manu Dias/AGECOM

Atibaia – Não bastasse o setor atacadista e de distribuição mineiro puxar o desempenho nacional pela primeira vez em 25 anos, ultrapassando, inclusive, as empresas de São Paulo, é de Minas Gerais também o Melhor Atacadista Distribuidor em nível nacional, segundo levantamento da consultoria GFK Brasil. O Grupo Martins, sediado em Uberlândia, no Triângulo, foi eleito pela sexta vez consecutiva pelo varejo de todo País.

A premiação ocorreu em Atibaia, interior de São Paulo, durante a 39ª Convenção Anual do Canal Indireto – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad), que vai até amanhã, 25, reunindo os gigantes do setor nacional.

PUBLICIDADE

O grupo também foi eleito o maior do Estado, conforme o Prêmio da Nielsen. Já no Ranking Abad/Nielsen 2019, a empresa apareceu em segundo lugar nacional, com faturamento de R$ 4,9 bilhões no ano passado, mesmo com a ligeira queda de 1,1% sobre os R$ 4,954 bilhões de 2017.

Segundo o levantamento, outros números mostram a força do Grupo Martins no interior de Minas Gerais. O segmento predominante de atuação, por exemplo, é o de varejo alimentar independente. Já a área de armazenagem total chega a 140.865 metros quadrados e o número de funcionários a 4.408. Já os vendedores somam 213 e os representantes comerciais 3.729.

Assim, de maneira detalhada, o grupo aparece em segundo lugar nacional também em termos de funcionários diretos e em primeiro em números de representantes. Aparece no topo da lista mais uma vez quando considerada a frota (990 veículos próprios).

Apoio – Outro destaque de Minas Gerais, segundo as premiações da GFK e da Nielsen, foi o DecMinas/Apoio Mineiro, do grupo Super Nosso. Conforme a GFK, a empresa foi eleita o Melhor Atacadista Distribuidor em âmbito estadual, na avaliação dos varejistas.

Em termos de faturamento, o grupo que controla as bandeiras Super Nosso, Apoio Mineiro e a distribuidora especializada DecMinas registrou incremento de 1,9% entre 2017 e 2018. No segmento atacadista, o grupo saiu de um resultado de R$ 1,628 bilhão em 2017 para R$ 1,659 bilhão no ano passado, mantendo o quinto lugar no ranking nacional. Por outro lado, caiu uma posição na lista do Estado, ficando em terceiro lugar.

O grupo destaca-se pela atuação no segmento de pessoa física, com uma área de armazenagem de 44,2 mil metros quadrados. O número de funcionários é de 2.967, os vendedores chegam a 130 e os representantes comerciais, 588.

Com isso, o Super Nosso aparece em quarto lugar nacional quando considerado o número de funcionários e também o de representantes. No segmento de atacado distribuidor, o grupo é o décimo na lista dos top 10 do País, o segundo no segmento de atacado de balcão e o sexto no de autosserviço. Informações adicionais sobre o Super Nosso estão na página 11 desta edição.

Convenção – Acontece em Atibaia, interior de São Paulo, até amanhã (25), a 39ª Convenção Anual do Canal Indireto – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad). Com o tema “Avaliando o presente, projetando o futuro”, o evento recebe cerca de 600 altos executivos, entre representantes das grandes indústrias de bens de consumo e do setor atacadista de todo o País.

De acordo com o presidente da Abad, Emerson Destro, neste ano, a convenção abordará tópicos como economia, inovação tecnológica, logística, e-commerce, trade marketing e outros assuntos relevantes para o desenvolvimento do chamado canal indireto, além de debates sobre aspectos políticos e normativos que afetam o setor e a cadeia de abastecimento como um todo.

“Nosso objetivo principal é tornar o setor cada vez mais eficiente, rentável e competitivo, contribuindo para criar um ciclo virtuoso para a cadeia nacional de abastecimento e para o crescimento econômico do País”, resumiu.

(*) A repórter viajou a convite da Abad

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!