COTAÇÃO DE 26/11/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5950

VENDA: R$5,5960

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6300

VENDA: R$5,7570

EURO

COMPRA: R$6,3210

VENDA: R$6,3222

OURO NY

U$1.792,60

OURO BM&F (g)

R$322,88 (g)

BOVESPA

-3,39

POUPANÇA

0,4620%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia
Fachada da COPASA
Crédito: Alessandro Carvalho/Arquivo DC

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa-MG) anunciou, na quinta-feira, um lucro líquido de R$ 186,7 milhões no primeiro trimestre de 2019. O valor ficou 13,7% superior aos R$ 164,2 milhões registrados no mesmo período do ano anterior.

Além disso, a estatal anunciou que, para 2019, estão previstos investimentos de R$ 750 milhões. O aporte faz parte do Plano de Negócios 2019 e Estratégias de Longo Prazo 2019 a 2023, lançado em dezembro de 2018 e que prevê investimentos de R$ 3,95 bilhões no período. Em relação aos investimentos, a previsão é aplicar R$ 750 milhões em 2019 e R$ 800 milhões por ano entre 2020 e 2023.

PUBLICIDADE

Os investimentos realizados no primeiro trimestre de 2019 pela Copasa foram de R$138 milhões, sendo que R$59 milhões foram alocados em sistemas de abastecimento de água, R$70 milhões em sistemas de esgotamento sanitário e R$8 milhões em programas de desenvolvimento empresarial e operacional.

Os recursos do Plano de Negócios 2019 e Estratégias de Longo Prazo 2019 a 2023 serão aplicados em projetos e empreendimentos para crescimento vegetativo, ampliação da capacidade de atendimento com água e esgoto de forma a atender aos compromissos de concessão assumidos, bem como para redução de perdas.

Balanço – De acordo com os dados divulgados pela Copasa, a receita líquida de serviços de água, esgoto, resíduos sólidos e construção alcançou R$ 1,19 bilhão, crescimento de 6,5% no primeiro trimestre quando comparado com o valor de R$ 1,12 bilhão registrado em igual intervalo de 2018.

A receita gerada com os serviços de água chegou a R$ 711,3 milhões, variação positiva de 6,7%, quando comparada com os R$ 666,4 milhões registrados entre janeiro e março de 2018.

Os serviços de esgoto movimentaram R$ 393,2 milhões, ante R$ 360,4 milhões observados no primeiro trimestre de 2018, o que gerou um incremento de 9,1%. A receita de resíduos sólidos encerrou o período estável, R$ 541 milhões.

Já a receita de serviços de construção recuou 5,2% e somou R$ 91,7 milhões, frente aos R$ 96,7 milhões verificados anteriormente.

A Copasa encerrou o primeiro trimestre com a prestação de serviços de água em 639 municípios e de esgotamento sanitário em 309 municípios. As ligações de água somaram 4,2 milhões de unidades, alta de 1,2%. No período, houve expansão de 3,8% na extensão da rede de água, somando R$ 52,9 mil quilômetros.

Já as ligações de esgoto cresceram 3,8%, alcançando 2,83 milhões de unidades, ante 2,73 milhões de unidades registradas nos primeiros três meses de 2018. A expansão da rede foi de 5,3%, totalizando 26,9 mil quilômetros.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!