COTAÇÃO DE 02/08/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,1650

VENDA: R$5,1650

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1700

VENDA: R$5,3200

EURO

COMPRA: R$6,0990

VENDA: R$6,1002

OURO NY

U$1.813,45

OURO BM&F (g)

R$299,72 (g)

BOVESPA

+0,59

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Malls cobram aluguel cheio de loja fechada

COMPARTILHE

Centros de compras da RMBH ficaram boa parte deste ano fechados por conta da pandemia | Foto: Charles Silva Duarte/Arquivo DC

Os shoppings da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) ficaram sem poder abrir as portas durante grande parte dos meses transcorridos de 2021. Apesar disso, os custos com aluguel e condomínio dos centros de compras continuam pesando no orçamento dos lojistas que, diante da resistência por parte das administradoras dos malls, não veem outra saída a não ser encerrar de vez suas operações.

De acordo com a Associação dos Lojistas de Shopping Centers (AloShopping), os shoppings dos grupos Multiplan (BH Shopping, Pátio Savassi, Diamond Mall) e BR Malls (Shopping Del Rey, Estação) insistem na cobrança dos valores cheios de aluguéis, mesmo os estabelecimentos terem permanecido 40 dias sem poder funcionar fisicamente, considerando apenas último fechamento da cidade.

PUBLICIDADE

Diante da situação, a AloShopping notificou as redes em vistas de evitar uma possível judicialização, que não está descartada. Quem explica é o superintendente da Associação, Alexandre Dolabella França. Segundo ele, o Grupo Multiplan está cobrando 70% do valor do aluguel no mês de abril, sendo que os shoppings funcionaram apenas oito dias do mês (entre 22 e 30 de abril). E o BR Malls, o valor total do aluguel do mês de março para pagamento no mês de julho do ano corrente.

“São cobranças e propostas inaceitáveis diante da situação. Principalmente porque, enquanto os lojistas estão, literalmente, fechando suas portas, as administradoras continuam apresentando resultados positivos”, justificou.

Resultados – A Multiplan, por exemplo, reportou lucro líquido de R$ 46,3 milhões no primeiro trimestre deste exercício. Entretanto, o resultado caiu quase 74% sobre o mesmo período do ano passado. Já entre janeiro e dezembro de 2020, o lucro da companhia somou R$ 964,2 milhões, mais que o dobro dos R$ 400,9 milhões registrados no acumulado de 2019.

A BR Malls teve lucro líquido ajustado de R$ 240,030 milhões no acumulado de 2020, tendo uma retração de 64,6% quando comparado com o resultado de 2019. Os resultados do primeiro trimestre ainda não foram divulgados.

A reportagem não conseguiu contato com BH Shopping, Pátio Savassi, Diamond Mall para comentar o assunto. Já os shoppings Del Rey e Estação BH afirmaram que desde o início da pandemia têm adotado uma política comercial personalizada e flexível com cada lojista, estando sempre abertos ao diálogo. “Os shoppings reiteram que estão à disposição dos lojistas para buscar as soluções necessárias neste momento”, disseram em nota conjunta.

França reiterou que a cobrança vai prejudicar muito os lojistas, que têm amargado prejuízos ainda maiores neste início de ano do que em 2020. “No ano passado as redes foram mais sensíveis, negociaram e abriram mão de alguns benefícios, mas agora estão irredutíveis. Sem contar que a ajuda do governo desta vez está chegando tardia e muita gente já não aguentou. Muitos já fecharam, outros vão ter que fechar. O nível médio de vacância entre os centros de compras da RMBH já está em 12%“, alertou.

Outra preocupação, conforme o dirigente, está no aumento do desemprego. Segundo ele, ao todo são cerca de 3 mil lojas espalhadas pelos malls da Grande Belo Horizonte, sendo que cada empresa emprega, em média, cinco funcionários. “O efeito vai ser em cascata e vai chegar à população. Pois se as lojas não aguentarem, vão fechar as portas e dispensar os funcionários. Dessa vez, nem mesmo as vendas pela internet estão segurando o desempenho”, completou.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!