COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5720

VENDA: R$5,5730

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5900

VENDA: R$5,7230

EURO

COMPRA: R$6,4654

VENDA: R$6,4683

OURO NY

U$1.793,01

OURO BM&F (g)

R$321,20 (g)

BOVESPA

-2,11

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

PBH garante patrocínio para vacina feita pela UFMG contra a Covid-19

COMPARTILHE

Crédito: Michelle Valverde
Crédito: Michelle Valverde

A Prefeitura de Belo Horizonte assinou, hoje, o Termo de Patrocínio para viabilizar os estudos da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Ao todo, serão liberados pela PBH R$ 30 milhões para que a UFMG consiga avançar da fase pré-clínica para as etapas 1 e 2 dos testes clínicos da vacina Spintec, desenvolvida no CTVacinas contra a Covid-19.

PUBLICIDADE

A primeira parcela está estimada em R$ 6 milhões e deverá ser liberada ainda este mês. As demais serão transferidas conforme as etapas acordadas sejam cumpridas.

A reitora da UFMG, Sandra Goulart, agradeceu o apoio da PBH, que foi considerado imprescindível para o avanço dos estudos.

“É grande a satisfação e agradeço a parceira da PBH não apenas nesta iniciativa. Essa é uma vacina que foi iniciada em março de 2020 e que deu os resultados mais positivos. Chegamos em uma fase muito importante que são os testes clínicos e o prefeito Alexandre Kalil nós atendeu em um momento de muita agonia. Estávamos preparando para iniciar os testes, mas não tínhamos recursos. O patrocínio da PBH veio em um momento imprescindível”.

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, destacou que o recurso disponibilizado pela prefeitura é pequeno frente aos desafios que a UFMG vem enfrentando, principalmente, no que se refere ao corte de orçamento.

“Os R$ 30 milhões são uma pequena parte do que será investido nessa vacina tão promissora. A UFMG foi escolhida como a melhor universidade federal do Brasil, a mais bem gerida e como prêmio recebeu, nesta semana, a notícia de um corte de 26,7% do orçamento. No momento, não temos partidos e nem lados, temos deputados e senadores que representam Minas Gerais. Precisamos sentar e buscar uma solução para a sobrevivência da UFMG”, disse Kalil.

De acordo com as informações da UFMG, a Spintec é uma das três vacinas em estágio mais avançado no Brasil. O suporte financeiro oferecido pela Prefeitura da capital mineira vai assegurar a continuidade das pesquisas.

O objetivo central do projeto, que será financiado com recursos da Prefeitura de Belo Horizonte, é viabilizar os estudos de fase clínica 1 e 2 em adultos saudáveis, sem exposição prévia à Covid-19. Essas etapas são requisitos necessários para os ensaios da fase 3 e aprovação pela Anvisa.

Os recursos da Prefeitura serão usados no pagamento de despesas de custeio relacionadas à manutenção e experimentos com os animais, na compra de reagentes (para avaliação da resposta imune, produção e formulação das vacinas), na produção de lotes de teste para análise da Anvisa, na supervisão dos ensaios, no preparo da documentação de pedido de registro, na execução dos testes pré-clínicos e nas duas etapas dos ensaios clínicos.

Apesar dos estudos serem desenvolvidos em uma instituição federal, a União ainda não liberou os recursos necessários ao imunizante da UFMG.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!