COTAÇÃO DE 17/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2820

VENDA: R$5,2820

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3100

VENDA: R$5,4500

EURO

COMPRA: R$6,2293

VENDA: R$6,2322

OURO NY

U$1.754,86

OURO BM&F (g)

R$298,96 (g)

BOVESPA

-2,07

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia zCapa

Preço do aluguel residencial tem alta de 6,92% em Belo Horizonte

COMPARTILHE

Crédito: Filó Alves
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

Embora o primeiro semestre de 2020 tenha sido marcado em todo o mundo pelos impactos econômicos da pandemia de Covid-19, o setor imobiliário segue se valorizando.

Assim como os preços dos imóveis para vendas, os valores dos aluguéis residenciais também tiveram elevação superior à inflação do período na maior parte do País. Em Belo Horizonte, a alta chegou a 6,92% nos seis primeiros meses deste ano frente a igual época do ano passado.

PUBLICIDADE

De acordo com pesquisa do Índice FipeZap, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), enquanto a inflação oficial brasileira – medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – variou 0,10% nos seis meses de 2020, chegando a 2,13% nos últimos 12 meses, os preços dos aluguéis residenciais na média brasileira avançaram em 3,15% e na capital mineira, 6,92%, na primeira metade deste exercício.

Quando considerado apenas o mês de junho, o índice nacional FipeZap apresentou recuo de 0,13% e o de Belo Horizonte aumento de 0,69%. Já nos últimos 12 meses, os índices foram de 4,63% e 5,44%, respectivamente.

Assim, a capital mineira encerrou o mês de junho com o preço médio do metro quadrado para locação de imóvel residencial em R$ 23,69. A título de comparação, o valor da média nacional chegou a R$ 30,76 no mesmo período.

Entre as 25 cidades analisadas pelo Índice FipeZap, Belo Horizonte apareceu em 11º lugar. O maior valor foi observado em São Paulo (R$ 41,26), seguido por Barueri (R$ 37,45) e Santos (R$ 33,19).

Bairros – Detalhadamente, foi identificado que o bairro com maior custo do metro quadrado para aluguel nos imóveis residenciais da Capital, em junho, foi o Belvedere (R$ 41,19), seguido por Boa Viagem (R$ 35,57), Funcionários (R$ 31,80), Santa Efigênia (R$ 28,98) e Santo Agostinho (R$ 28,02).

Na outra ponta, os bairros com menores preços em Belo Horizonte foram: Solar do Barreiro (R$ 10,21), Petrópolis (R$ 10,53), João Paulo II (R$ 10,69), Solimões (R$ 11,30) e Guarani (R$ 11,39).

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!