Cotação de 03/08/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,1920

VENDA: R$5,1930

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1930

VENDA: R$5,3470

EURO

COMPRA: R$6,2205

VENDA: R$6,2217

OURO NY

U$1.810,36

OURO BM&F (g)

R$305,16 (g)

BOVESPA

+0,87

POUPANÇA

0,2446%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia Economia-destaque
Crédito: REUTERS/Sergio Moraes


São Paulo – As vendas no varejo brasileiro recuaram 24,1% em junho em comparação com o mesmo mês do ano passado, descontada a inflação, de acordo com o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), em resultado afetado pela pandemia de Covid-19.

Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, a queda foi de 22,9%, segundo o ICVA, que acompanha mensalmente a evolução de 1,5 milhão de varejistas credenciados à empresa de meios de pagamentos Cielo.

PUBLICIDADE

Apesar de forte, o declínio mostra uma desaceleração em relação aos dois meses anteriores, quando as vendas reais caíram 36,5% (maio) e 30,5% (junho).

“Isso pode ser explicado em parte pela retomada gradual da atividade comercial. Aparentemente o pior da pandemia já passou”, avaliou o superintendente-executivo de Inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto, em nota.

Ele destacou o bloco de Bens Duráveis, que apresentou as maiores acelerações do mês. Os setores que mais chamam atenção, disse, são Móveis, Eletro e Lojas de Departamento e Vestuário, enquanto serviços ainda tem quedas significativas no período. (Reuters)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!