DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2090

VENDA: R$5,2100

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1800

VENDA: R$5,3600

EURO

COMPRA: R$6,0756

VENDA: R$6,0768

OURO NY

U$1.813,62

OURO BM&F (g)

R$300,00 (g)

BOVESPA

-3,08

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Finanças

BC autoriza testes com WhatsApp para pagamentos, dizem Mastercard e Visa

COMPARTILHE

Crédito: Rupak De Chowdhuri / Reuters

São Paulo – O Banco Central autorizou instituições financeiras a fazerem testes de pagamentos com uso do WhatsApp, serviço de mensageria do Facebook, afirmaram nesta sexta-feira as bandeiras de cartões Mastercard e Visa.

“A funcionalidade ficará liberada apenas para um grupo limitado de cartões que realizarão transações de baixo valor”, afirmou a Mastercard, respondendo a questionamento da Reuters.

PUBLICIDADE

A empresa afirmou ainda que, enquanto aguarda a definição oficial da autarquia, “segue contribuindo com o regulador para que o serviço seja liberado para o consumidor final”.

A Visa afirmou que também recebeu a autorização do BC para testes com WhatsApp, mas não para operação comercial.

“Acreditamos que esse é um passo importante para continuar aperfeiçoando esse modelo de pagamento e inserir mais parceiros no projeto”, afirmou a Visa em comunicado.

Consultado, o BC afirmou que o pedido da potencial parceiras do WhatsApp para pagamentos “está em análise e segue o trâmite normal de aprovação”.

O WhatsApp anunciou em 15 de junho que seus usuários poderiam fazer pagamentos por meio do aplicativo, numa parceria que também incluía Banco do Brasil e a empresa de meios de pagamentos Cielo.

Mas dias depois o BC mandou as bandeiras de cartões Visa e Mastercard suspenderem o uso do aplicativo para pagamentos e transferências com o WhatsApp enquanto avalia eventuais riscos para o Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

Na semana passada, o diretor do BC João Manoel Pinho de Mello afirmou que a autoridade monetária autoriza pagamentos por meio do Whatsapp, caso entenda que o mecanismo está ao alcance de todos os participantes do mercado.

No começo desta semana, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) pediu à Cielo e ao Facebook esclarecimentos sobre um sistema de pagamentos via Whatsapp.

A Cielo afirmou nesta sexta-feira que não recebeu do BC nenhum comunicado a respeito de uma autorização para testes.

O WhatsApp afirmou que não vai comentar o assunto. (Reuters) 

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!