O Tangerino Totem dispensa o contato físico com o dispositivo, o que protege os funcionários | Crédito: Divulgação

Enquanto muitas empresas fecharam as portas ou adotaram o home office como uma alternativa segura durante a pandemia, outros negócios tiveram que se adaptar para continuar funcionando neste período em que a recomendação é manter o distanciamento social.

Serviços essenciais, como supermercados, farmácias, hospitais e também o comércio, que em algumas cidades já estão em fase de reabertura, precisaram redobrar os cuidados para continuar funcionando de acordo com as medidas de proteção à saúde necessárias, entre elas, o fornecimento de itens de segurança, como máscaras e álcool 70% para todos os colaboradores.

O atual cenário mostra que os responsáveis pela gestão de pessoas precisam efetivar os cuidados com a saúde do trabalhador e dispor de ferramentas tecnológicas que proporcionem segurança em todos os processos, inclusive nas práticas exigidas por lei, como o registro e controle da jornada de trabalho exigido pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) para estabelecimentos com mais de 20 colaboradores.

Para se adaptar à nova realidade do mercado, o Tangerino – controle de ponto digital desenvolveu um aplicativo para registrar as horas trabalhadas com precaução e distanciamento necessários.

“O Tangerino é um aplicativo que facilita a rotina tanto do colaborador, que registra sua jornada de trabalho diariamente, quanto do RH ou Departamento Pessoal, responsáveis pela apuração e fechamento da folha de ponto. Com o app, o colaborador consegue bater ponto usando o celular. Ajudamos as empresas a se adaptarem às necessidades dos novos modelos de trabalho, como o home office”, explica o CEO da startup mineira, Leonardo Barros.

No momento em que 59,9% dos brasileiros foram transferidos para o home office, conforme pesquisa da Hibou, empresa de monitoramento de mercado, nos últimos três meses mais de mil empresas contrataram o Tangerino para gerenciar a jornada de trabalho dos profissionais que estão trabalhando de casa. O aplicativo é a solução ideal para o registro de ponto em home office.

Mas atender somente a necessidade de quem está trabalhando remotamente não era o suficiente. Pensando nas pessoas que mantiveram ou estão voltando as atividades presenciais, veio a urgência de desenvolver o novo app.

“Essa solução surgiu para atender as empresas que continuam funcionando durante a pandemia de Covid-19. Com o Tangerino Totem o colaborador evita o contato físico com uma superfície contaminada e bate seu ponto sem encostar em um Relógio Eletrônico de Ponto (REP), por exemplo”, esclarece Barros.

Como funciona – Usar o Tangerino Totem é bem simples. A empresa pode disponibilizar um tablet ou celular fixado na parede da empresa e, ao chegar no trabalho, o colaborador se posiciona em frente ao dispositivo com um QR Code em mãos (pode estar no crachá, cartão ou celular). O sistema faz a identificação do código e captura uma foto em seguida para garantir a autenticidade. Pronto! Em segundos o colaborador registra seu ponto sem toque.

O Tangerino Totem evita o contato físico com o dispositivo e, dessa forma, os funcionários ficam protegidos, as empresas cumprem com as normas de saúde e continuam respeitando o às exigências da lei.

A expectativa da startup mineira é de que, nos próximos meses, a demanda pela solução continue crescendo e, mesmo no “pós pandemia”, empresas de diversos setores passem a utilizar este tipo de tecnologia para controle de jornada.