O Verdemar foi um dos vencedores da 18ª edição do Prêmio Ser Humano, na categoria “Gestão de Pessoas – Desenvolvimento” pelo projeto “Talentos da Maturidade”, iniciativa que visa reconhecer capacidades e inserir pessoas idosas no mercado de trabalho.

O prêmio é uma iniciativa da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-MG) e a solenidade de entrega do troféu acontece no dia 9 de dezembro, no Sindicato da Indústria da Construção Pesada no Estado de Minas Gerais – Sicepot-MG.

Para o superintendente de Recursos Humanos do Verdemar, Leandro Souza de Pinho, o reconhecimento enaltece o trabalho que o Verdemar vem realizando com diferentes grupos etários e sociais.

“A premiação mostra que estamos no caminho certo com foco nas capacidades que todo indivíduo possui. Sobretudo, estamos dando visibilidade às práticas que fazem diferença na vida das pessoas. Mas os premiados são nossos talentos da maturidade que, com empenho e dedicação, encantam nossos clientes e auxiliam a empresa no alcance dos seus resultados”, explica Pinho.

Atualmente, o Verdemar emprega 350 pessoas da maturidade em diferentes cargos e funções. O “Talentos da Maturidade” faz parte de um programa ainda mais amplo, o ‘Inclusão como Valor’, que compreende cerca de 930 funcionários e também foi premiado em 2017.

A iniciativa promove a contratação e valoriza a igualdade de grupos diversos, como deficientes, pessoas com transtornos mentais ou psiquiátricos, profissionais de maturidade que encontram dificuldades para retornar ao mercado de trabalho e pessoas que buscam o primeiro emprego e não possuem experiência na atividade que será exercida.