COTAÇÃO DE 24/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3430

VENDA: R$5,3440

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3800

VENDA: R$5,5030

EURO

COMPRA: R$6,2581

VENDA: R$6,2594

OURO NY

U$1.750,87

OURO BM&F (g)

R$301,00 (g)

BOVESPA

-0,69

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Inovação

Abinc abre regional em MG em parceria com a KER

COMPARTILHE

Sermos o braço da Abinc no Estado é uma grande satisfação, comemorou Mauro Carrusca, da KER | Crédito: Clickbh

Para celebrar a criação de um braço da Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc) em Minas Gerais, através da parceria com a KER Innovation – empresa especializada em inovação colaborativa -, foi realizado, ontem, o evento virtual “O Impacto da Internet das Coisas (IoT) na vida das pessoas. Foram convidados especialistas das áreas de saúde, energia e agronegócio para debater como a IoT está revolucionando esses setores no Brasil.

De acordo com o CEO da KER Innovation, Mauro Carrusca, o tema está diretamente atrelado à qualidade de vida que as pessoas podem alcançar.

PUBLICIDADE

“Há 25 ajudamos as empresas a repensarem. Nosso norte é a inovação colaborativa. Quem faz inovação é gente e a tecnologia é uma ferramenta. A IoT permite a captação de dados com muita profundidade, que se bem analisados dão resultados. Quem transforma isso em inteligência é o ser humano. E, por isso, sermos o braço da Abinc no Estado é uma grande satisfação”, explicou Carrusca.

Um dos convidados foi o gerente Comercial e de Inteligência de Mercado do Inovaincor (núcleo de inovação do Instituto do Coração-InCor e da Fundação Zerbini), Guilherme Rabello. Para ele, o IoT terá um papel muito relevante na Saúde.

“A internet das coisas permite que desenvolvamos soluções integradas de cuidado dos pacientes, melhores ferramentas de monitoramento e algoritmos de predição, que nos permitirão em breve ter uma atuação voltada a intervenções precoces ou mesmo de prevenção. Termos dados em tempo real e confiáveis é a nova fronteira da saúde que o IoT vai ajudar para uma abordagem de saúde integrada focada no paciente”, afirmou Rabello.

Outro palestrante foi o presidente do conselho diretor da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Marcello Brito. Ele ressaltou que o agronegócio representa 25% do PIB e 30% das exportações nacionais.

“O setor tem uma grande importância. Para que continuemos ganhando mercados, faz-se necessário o investimento maciço em inovação e tecnologia, e para isso a digitalização do ‘campo’ é condição indispensável”, pontuou Brito.

O diretor de Inovação e Transformação Digital da Energisa, Lucas Pinz, salientou a importância da tecnologia para a melhor experiência do consumidor em um mercado que passa por intensas transformações.

“O setor elétrico vive uma transição energética bastante grande e há uma busca constante por melhorar a qualidade na prestação dos serviços para que a experiência do cliente seja cada vez melhor. Nesse sentido, a IoT tem sido uma ferramenta importante tanto no aumento da eficiência da operação, antecipando falhas, reduzindo tempo de atendimento, quanto no serviço prestado ao cidadão que passa a ter a possibilidade de, por exemplo, ter o acompanhamento em tempo real da sua conta de energia e maior controle de gastos, entre várias outras possibilidades de novos serviços”, completou Pins.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!