COTAÇÃO DE 27/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,7380

VENDA: R$4,7380

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8300

VENDA: R$4,9460

EURO

COMPRA: R$5,0781

VENDA: R$5,0797

OURO NY

U$1.853,86

OURO BM&F (g)

R$284,80 (g)

BOVESPA

+0,05

POUPANÇA

0,6462%

OFERECIMENTO

Negócios zCapa

Amipão prevê geração de R$ 2 bilhões em negócios

COMPARTILHE

A expectativa do setor em Minas é fechar o ano com faturamento de R$ 9,450 bilhões, crescimento de 5% sobre 2018 - Crédito: Bernardo Rebello

A Amipão – entidade composta pelo Sindicato das Indústrias de Panificação do Estado de Minas Gerais (SIP) e pela Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amip) – comemorou, no último dia 16 (Dia Mundial do Pão), os bons resultados alcançados na Superminas Food Show, considerado o segundo maior evento supermercadista e panificador do País.

De acordo com o presidente da Amipão, Vinícius Dantas, a realização – em parceria com Associação Mineira de Supermercados (Amis) – da Superminas, evento oficial para o lançamento de tendências dos setores de panificação e supermercadista em Minas Gerais, é uma frente importante de valorização do setor.

PUBLICIDADE




Em 2018, a Superminas registrou recorde de 484 expositores e público superior a 53 mil pessoas, totalizando R$ 1,86 bilhão em negócios concluídos durante a feira ou iniciados para posterior fechamento. Para essa edição, a expectativa é de ter recebido 56 mil pessoas no Expominas, no bairro Gameleira, região Oeste.

“Este ano, vamos ultrapassar os R$ 2 bilhões em negócios. Este é um momento muito importante para que o setor conheça tendências e novos equipamentos. As palestras estiveram lotadas, o que demonstra o interesse dos empresários e a assertividade dos temas que escolhemos”, pontua Dantas.

Em 2019, a Superminas contou com mais de 500 expositores e uma área de feira de 25 mil metros quadrados. A programação foi composta por mais de 70 atividades como palestras, fóruns, reuniões, talk shows e oficinas que antecipam as tendências do varejo mundial para mercado mineiro e brasileiro.

PUBLICIDADE




Marketing – Ainda segundo o presidente, a forte participação do setor no evento se deve também a um trabalho de comunicação com os associados do interior do Estado e um forte relacionamento com parceiros estratégicos, como os atacadistas, por exemplo. Caravanas vindas de cidades mineiras movimentaram a cadeia hoteleira e o comércio do entorno do centro de exposições.

“Tivemos todos os segmentos engajados na divulgação da Superminas. Ela é importante também para o setor se reunir. Esse trabalho conjunto é fundamental. Há muito tempo a padaria deixou de ser apenas um lugar que vende pão. Hoje, prestamos um serviço variado que tem como principal tendência atender a demanda por alimentação fora do lar, baseado em economia, qualidade e comodidade”, destaca o executivo.

Relevância – O setor da panificação desempenha um papel importante na economia. Atualmente, Minas Gerais conta com aproximadamente 7 mil empresas de micro e pequeno portes, responsáveis por gerar cerca de 80 mil empregos diretos e outros 180 mil indiretos, movimentando aproximadamente R$ 9 bilhões por ano.

A expectativa do setor em Minas Gerais é fechar o ano com um crescimento de 5% em faturamento em relação a 2018, alcançando receita de R$ 9,450 bilhões. Número bastante significativo se comparado ao alcançado nacionalmente no ano passado, na comparação com 2017: +2,81% (sem descontar a inflação), o que equivale a um faturamento nacional de R$ 92,63 bilhões.

“Quem fez o dever de casa, estudou as tendências e buscou por inovação, vai alcançar esse resultado. O pão é um alimento que existe em praticamente todas as culturas. Em qualquer ‘lugarejo’ existe uma igreja e uma padaria, então nosso papel é também levar segurança alimentar e inovação para as pessoas. As padarias hoje são ambientes agradáveis, onde o consumidor pode levar sua família para ter uma agradável experiência enquanto se alimenta”, finaliza o empresário.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!