COTAÇÃO DE 13/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,0570

VENDA: R$5,0580

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1500

VENDA: R$5,2590

EURO

COMPRA: R$5,3163

VENDA: R$5,3179

OURO NY

U$1.810,48@

OURO BM&F (g)

R$303,69 (g)

BOVESPA

+1,17

POUPANÇA

0,6672%

OFERECIMENTO

Negócios

Bienal Mineira do Livro impulsiona setor em Minas Gerais

Com 60 editoras expositoras e expectativa de um público de mais de 150 mil pessoas, evento é celeiro de oportunidades

COMPARTILHE

O segmento de livrarias de Belo Horizonte será representado na Bienal por um estande coletivo da CDL/BH | Crédito: Divulgação

A Bienal Mineira do Livro 2022, realizada entre os dias 13 e 22 de maio no BH Shopping, promete impulsionar a venda de livros e o hábito da leitura na capital mineira. Com 60 editoras expositoras e a expectativa de um público de mais de 150 mil pessoas, o evento vai trazer oportunidades para disseminar a leitura, divulgar livros, estreitar relacionamentos entre leitores e autores e estimular a geração de novos negócios. A iniciativa é realizada pela Câmara Mineira do Livro e pelo Grupo Asas.

O segmento de livrarias da Capital será representado na Bienal por um estande coletivo da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), onde lojistas associados da entidade poderão participar do evento de forma gratuita. “Comerciantes do setor vão marcar presença na bienal e terão a oportunidade de realizar vendas, parcerias comerciais e, principalmente, estreitar o relacionamento com o público consumidor de literatura”, destaca o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

PUBLICIDADE




O tema dos 10 dias da programação é “O Reencontro é Real”, objetivando inserir o Estado no circuito nacional cultural e no circuito do incremento da aprendizagem, transformando Belo Horizonte na capital brasileira da literatura.

O diretor-presidente do Grupo Asas, Marcus Ferreira, explica que a Bienal Mineira do Livro é uma das principais iniciativas literárias nacionais com autores representativos em um espaço de 15.000 m2 no BH Shopping. “A retomada presencial da Bienal Mineira do Livro tem um conteúdo cultural e educativo abrangente, incluindo atrações para leitores de diversas faixas etárias. Queremos contribuir para o desenvolvimento da capacidade crítica, do conhecimento de fundo e do repertório cultural de cada leitor, incentivando o hábito de ler”, afirma.

Espaço dedicado aos negócios

A Fundação Dom Cabral (FDC), 9ª melhor escola de negócios do mundo de acordo com o Ranking de Educação Executiva do jornal britânico “Financial Times”, será curadora do eixo “Espaço Negócios”, que acontece na Bienal Mineira do Livro de 2022, de 13 a 22 de maio, em Belo Horizonte. A abertura do eixo de negócios acontece dia 16 (segunda-feira) como o painel Diversidade ao Pé da Letra – Negócios, propósito e geração de valor social, às 19h30.

“A agenda de diversidade e inclusão é fundamental para os negócios: aumenta o lucro, atrai e retém talentos, acelera a inovação, diminui os conflitos. Uma organização diversa e inclusiva é sinal de sucesso. Mas, mais do que isso é uma forma de transformar a sociedade, garantir reais igualdades de oportunidades a todas as pessoas e, com isso, enfrentar a persistente desigualdade social em que vivemos”, contextualiza Nádia Rampi, diretora Estatutária e líder do FDC – Centro Social Cardeal Dom Serafim, que vai participar do debate.

PUBLICIDADE




De acordo com o diretor de Marketing e Comunicação Corporativa da FDC, Daniel Aguado, estimular o aprendizado das questões envolvendo a gestão, possibilita promover a construção de negócios sustentáveis e longevos, sendo uma oportunidade para contribuir com o ecossistema editorial de Minas Gerais e do Brasil. O evento será realizado no BH Shopping e vai promover ações formativas e culturais para estudantes e professores. A expectativa da organização do maior evento literário em Minas Gerais é atrair 150 mil visitantes em uma inédita programação, reunindo mais de 50 editoras, dezenas de autores e milhares de livros.

A Bienal Mineira do Livro é uma iniciativa educacional do Grupo Asas, em parceria com a Câmara Mineira do Livro, com diversas atividades e a segmentação da programação em 11 eixos temáticos com uma estação vivencial, envolvendo a participação de reconhecidas entidades: secretarias de Educação e Cultura (Minas Gerais e Belo Horizonte), Fundação Municipal de Cultura, Fundação Dom Cabral, Academia Mineira de Letras, Instituto Pró-Livro, Instituto Fernando Sabino, Biblioteca Pública do Estado de Minas Gerais e Sinep-MG, entre outras.

A proposta é um estímulo à leitura, especialmente entre as comunidades mais vulneráveis, fomentando a cadeia econômica mineira do livro. A bienal conta também com o apoio dos governos estadual e municipal em uma política intensa para democratizar o acesso a atividades culturais e educacionais com a distribuição de mais de 89 mil ingressos para professores e estudantes da rede pública e 200 escolas da rede privada em Belo Horizonte.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!